Copinha: São José acerta retorno de zagueiro que disputou a A2

por Celso Gomes

São José dos Campos, SP, 20 (AFI) - No último dia de inscrições para a sequência da Copa Paulista, os dirigentes do São José decidiram apostar na volta do zagueiro Ferron, dispensado no Mirassol e que fez um bom Campeonato Paulista da Série A2 pelo time joseense.

Confira:
Copa Paulista: Dirigente acredita que Grêmio Osasco pode evoluir

Além disso, o São José dispensou a possibilidade do empréstimo de três jogadores sem custos, vindos do PC São José, que foi eliminado no Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Com a negativa do São José, o atacante Cecel, autor de sete gols na Segundona, foi cedido ao Rio Branco de Americana até o final da Copa Paulista. Outros dois jogadores, que estavam em testes, assinaram contrato e ficam à disposição de Jeferson Félix. São os meias Dodô, ex-Santo André, e Roberto Beá, ex-Francisco Beltrão.

Desfalques
Para o próximo jogo, as suspensões por expulsão prejudicam mais uma vez o técnico Jeferson Félix. O zagueiro Eraldo e o lateral-esquerdo Fernandinho foram suspensos pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) por dois jogos e diante da Portuguesa Santista cumprirão o segundo jogo. O volante Renato foi expulso contra o Palmeiras-B e fica de fora do duelo em Santos. Os substitutos serão Willian, Anchieta e Rodrigo respectivamente.

O atacante Marcus Vinícius continua se recuperando de lesão e não deverá jogar. No ataque, Alex Cortes e Luciano Fonseca disputam a posição para formar dupla com Daisson.

No próximo domingo o São José vai até o Ulrico Mursa, em Santos, enfrentar a Portuguesa Santista, às 11 horas.

Campanha ruim
O time de São José dos Campos vem abaixo do esperado na competição. Se comparado aos outros grupos, a Águia do Vale tem a quarta pior campanha, só perdendo para América, Mirassol e União Barbarense. Em sete jogos, o time perdeu quatro, empatou dois e ganhou apenas um jogo. Foram três gols feitos e sete sofridos.

Garotos

Uma notícia pegou de surpresa a torcida joseense nesta semana. O São José teria recebido R$ 500 mil na transação de cinco jogadores das categorias de base. Cris, Fernando, Júlio Silva, Lucas e Capitão foram negociados com empresários, logo após o término da Copa São Paulo. Lucas e Capitão seguem no clube, mas o detalhe é que a diretoria não divulgou essa informação oficialmente até hoje.

 
 
" />