Série D: Dirigente comenta retorno ao São Caetano-SP: 'Me pediram ajuda e eu ajudei'

“Eu arregacei as mangas e fui a campo para tirar esse pessoal. Voltei por causa disso", declarou Nairo Ferreira

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 21 (AFI) - Desde o título paulista da Série A2, o São Caetano vem passando por um momento turbulento, mesmo ainda disputando o Campeonato Brasileiro da Série D.

Em meio à caótica situação financeira, jogadores, como o zagueiro Domingos; o auxiliar e técnico interino, Dininho; o administrador Carlos Silva e o diretor Márcio Griggio saíram com retorno de Nairo Ferreira ao poder azulino.

“Eu voltei ao São Caetano para consertar algo que estava errado e tirar algumas pessoas que vieram para fazer futebol e não fizeram. Me pediram ajuda e eu ajudei.

O Carlos (Silva) me disse várias vezes que precisávamos tirar os investidores porque eles não estavam fazendo futebol, estavam se aproveitando de uma situação”, defendeu-se o dirigente em entrevista à TV+ ABC.

“Eu arregacei as mangas e fui a campo para tirar esse pessoal. Voltei por causa disso. Agora não quero ser cobrado por salários atrasados e aluguel. O Nairo pegou o São Caetano para colocar no lugar dele novamente, com novos administradores e pessoas sérias para fazer futebol.

Minha função é essa. Assim que essas pessoas estiverem nos lugares delas, vou ser só o assistente. Quero ver só jogar e curtir o clube”, declarou.

 Nairo Ferreira
Nairo Ferreira

CONTA MAIS
O Azulão enfrenta o Joinville-SC, às 20h desta quarta-feira (21), na Arena Joinville, em Joinville (SC), pela oitava rodada da primeira fase da Série D.

Aparece na sétima e penúltima colocação do Grupo A8, com cinco pontos, metade de Caxias-RS e Marcílio Dias-SC, que fecham a zona de classificação ao mata-mata.

"Achamos por bem procurar pessoas que venham com um investimento mais saudável e que possam resgatar tudo o que São Caetano tem que ter.

Decidimos procurar novos investidores. Temos investidores quase 90% fechados. Faltam apenas detalhes para se resolver tudo. Dentro dessa semana a gente apresenta um novo gestor que vem para fazer futebol com bastante responsabilidade. Depois disso, eu saio novamente e deixo o futebol ser cuidado pelos novos gestores", encerrou o dirigente.

CARTOLA RATIFICA SITUAÇÃO DE ROBINHO NO SANTOS