Copa Paulista: Goleiro do São Caetano credita marcas defensivas ao elenco

“Em quase 100% das vezes, quem não toma gol acaba vencendo", afirmou o arqueiro azulino Tom

por Federação Paulista (FPF)

São Caetano do Sul, SP, 04 - O São Caetano venceu o clássico do ABC contra o EC São Bernardo, por 1 a 0, pela segunda partida semifinal e está na decisão da Copa Paulista. Dono da menor média de gols sofridos, o goleiro Tom enalteceu o trabalho do elenco azulino, que, em 24 jogos, teve a defesa vazada em apenas 14 oportunidades, totalizando 0,58 gols sofrido por partida, a menor dentre os clubes participantes.

“Em quase 100% das vezes, quem não toma gol acaba vencendo. O mérito não é apenas da zaga, mas sim de toda a equipe. Eu fico muito feliz pelos nossos números aqui na defesa, onde estamos muito equilibrados. O fato de liderarmos todas as fases da competição é graças a eficiência de toda a defesa e dos meus companheiros”, disse.

Tom - Foto: Fabricio Cortinove/AD São Caetano - Foto: Fabricio Cortinove/AD São Caetano
Tom - Foto: Fabricio Cortinove/AD São Caetano
O goleiro também elencou os fatores que podem explicar aos números defensivos do time do ABC paulista.

“O treinamento, a comunicação e a orientação dentro de campo com certeza são os principais fatores para essa boa fase da defesa do São Caetano”, explicou.

O São Caetano enfrentará o XV de Piracicaba na final da Copa Paulista. As datas e horários daas finais da Copa Paulista serão definidas nesta segunda-feira (4), às 16h, em Conselho Técnico, que acontecerá na sede da FPF.