Copa Paulista: Capitão destaca título do São Caetano e mira 'cenário nacional'

"Queremos trazer de volta o nome do São Caetano para o cenário nacional”, afirmou o zagueiro Max

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 19 (AFI) - Foram necessárias algumas tentativas para que o São Caetano chegasse à final da Copa Paulista. Mas, assim que chegou, o Azulão não decepcionou diante do XV de Piracicaba e conquistou o título logo em sua primeira participação na fase decisiva da disputa.

Capitão e peça importante no título vencido pelo Pequeno Gigante, Max falou sobre o equilíbrio existente na final e o que foi preciso fazer para levantar o troféu de campeão ao término do campeonato.

“Chegaram na final as duas melhores equipes em termos de pontuação. Eles tinham o melhor ataque e nós a melhor defesa da competição. Foram dois jogos muito difíceis, mas estávamos focados para uma decisão de 180 minutos”, disse antes de relembrar a primeira partida em que marcou o gol que definiu o triunfo (3 a 2) azulino.

“No jogo de ida conseguimos segurar uma pressão inicial deles. Ainda saímos na frente e ampliamos, porém, eles buscaram o resultado. No final ainda fui feliz de fazer o terceiro gol, que nos ajudou a conseguir pequena vantagem”, analisou.

Foto: Fabrício Cortinove
Foto: Fabrício Cortinove
NOME NA HISTÓRIA

Títulos são o principal legado que o atleta profissional pode deixar no clube. Max não pensa diferente disso, e assim falou da importância que a conquista da Copa Paulista possui para a agremiação.

“Você fica marcado sendo campeão. O São Caetano é um time novo, mas já possui uma história bonita no futebol até com participações na Libertadores.

Portanto, queremos trazer de volta o nome do São Caetano para o cenário nacional”, afirmou o zagueiro.

Em duas passagens pelo Pequeno Gigante, Max já possui 40 jogos. Nesse período, também marcou dois gols com a camisa do time do ABC.