Série D: Apesar da derrota, meia do São Caetano exalta evolução

“A derrota nos deixou chateados, porém, acredito também, que conseguimos muitas lições da estreia"

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 09 (AFI) - Vencer o Caxias, na estreia da Série D do Campeonato Brasileiro, era o principal objetivo do São Caetano. Contudo, apesar de todas as circunstâncias, o revés (1 a 0) passado possui papel fundamental na evolução do time azulino para a sequência na disputa.

Um dos estreantes com a camisa do Azulão na oportunidade, o meia-atacante Emerson Santos destacou o aprendizado que o confronto em Caxias do Sul representou ao Pequeno Gigante.

“A derrota nos deixou chateados, porém, acredito também, que conseguimos muitas lições da estreia. Jogar lá (Estádio Centenário) não é fácil, mas, mesmo assim, tiramos eles (Caxias) da zona de conforto e propomos o jogo. Creio que a derrota faz parte da nossa evolução”, contou um dos reforços para o nacional.

ESTREIA EM CASA

O São Caetano volta a campo pela Série D do Campeonato Brasileiro neste sábado (11). Dia em que o Azulão enfrenta o Cianorte (PR), às 16h, no Anacleto Campanella, pela segunda rodada do Grupo A16.

Já prensando neste próximo compromisso pelo brasileiro, Emerson Santos ressaltou a expectativa e como o time do ABC precisa atuar para garantir o primeiro resultado positivo na disputa.

TÁTICA

“O Cianorte gosta de propor o jogo também. Então vamos fazer com que eles errem bastante. Assim vamos aproveitar destas falhas para conseguir a vitória”, opinou o meia-atacante revelado no Grêmio (RS).

Depois de enfrentar o time paranaense, o São Caetano terá outro compromisso no Anacleto Campanella. No dia 18(sábado), o Pequeno Gigante recebe a visita do Tubarão, também às 16h.