Copa Paulista: Mesmo com derrota, técnico do São Caetano vê pontos positivos

Tropeço na Vila Belmiro para o Santos B foi o primeiro do Azulão na atual edição do torneio estadual

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 13 (AFI) - Ao ser derrotado pelo Santos B, pelo placar de 2 a 1, na Vila Belmiro, o São Caetano voltou a perder um jogo oficial depois de quase quatro meses. Apesar do tropeço, nem tudo na exibição realizada na casa do Peixe precisa ser esquecido. Mesmo com o resultado negativo, o técnico Luís Carlos Martins destacou pontos positivos na apresentação passada na Copa Paulista.

“Lógico que todo mundo fica chateado. Eu, como treinador, gosto sempre de vencer, mas acho que o São Caetano não fez um jogo ruim. Fizemos primeiro tempo equilibrado e tomamos o gol em lance de desatenção. Já no segundo tempo mandamos na partida, estivemos o tempo todo no campo deles”, avaliou.

O último tropeço do Azulão havia acontecido no dia 23 de abril, contra o Penapolense, ainda pela primeira fase da Série A-2 do Campeonato Paulista. Diante desse retrospecto, o treinador azulino ressaltou o aprendizado retirado do revés sofrido na Vila Belmiro, e destacou aspectos que podem ser melhorados.

Mesmo com o resultado negativo, o técnico Luís Carlos Martins destacou pontos positivos na apresentação passada (Foto: Fabrício Cortinove)
Mesmo com o resultado negativo, o técnico Luís Carlos Martins destacou pontos positivos na apresentação passada (Foto: Fabrício Cortinove)
“É na derrota que você analisa e passa a ter mais atenção, porém, não posso deixar de parabenizar o grupo pela determinação apresentada. Faltou um pouquinho de finalização de longe, pois queríamos entrar muito na área para concluir. Também irei chamar a atenção pela distração nos dois gols que sofremos, algo que não é comum para nós”, explicou.

PORTUGUESA SANTISTA
Na próxima rodada da Copa Paulista, o São Caetano recebe a visita da Portuguesa Santista. Confronto este que, já passa a ser o centro das atenções de Luís Carlos Martins, pela recuperação da equipe.

“O campeonato está aberto, mas vamos em busca da classificação. O importante é classificar entre os quatro. Não é por causa de uma derrota que vamos jogar tudo para baixo. Vamos retornar na segunda-feira aos trabalhos e se preparar para outro jogo difícil, contra a Santista”, concluiu.