Técnico do São Caetano lamenta ausências de "corintianos"

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 05 (AFI) - O técnico Roberto Fonseca não terá pela primeira vez a chance de escalar a equipe que derrotou Palmeiras, Mogi Mirim e Bragantino. Três jogadores que pertencem ao Corinthians e estão emprestados ao São Caetano possuem cláusulas em seus contratos que impedem o treinador de colocá-los em campo. São os casos de Éverton Ribeiro, Moradei e Bruno Bertucci.

Veja também:
Palmeiras dá adeus e Santo André vai à semi

Mesmo com a cláusula, Éverton estaria fora do duelo com o Timão no domingo, já que foi expulso na virada heróica sobre o Bragantino – por 3 a 2, quando a equipe era derrotada por 2 a 0 já no segundo tempo. O volante Moradei, um dos destaques deste meio-campo, não poderá reencontrar seu ex-clube. O lateral-esquerdo Bertucci, que ainda não estreou, também está fora.

“Claro que o time vai sentir. Perdemos dois jogadores de meio que vinham muito bem. Mas o São Caetano tem um elenco forte, e confio nas peças que entrarão”, afirmou o técnico, que promete anunciar os substitutos minutos antes do jogo de domingo.
Adriano, Lucas e Romário lutam por uma vaga de volante, no lugar de Moradei, enquanto Luciano Mandi, Fernandes e Hugo, que pode voltar de lesão, estão de olho na vaga de Éverton, que havia participado das 12 partidas do Azulão.

Dessa maneira, o São Caetano, quinto colocado, com 20 pontos, deve começar com: Luiz; Arthur, Marcelo Batatais, Anderson Marques e Bruno Recife; Jairo, Adriano (Romário), Fernandes e Luciano Mandi; Wanderley e Eduardo.