Paulista A2: Líder, técnico do São Bernardo destaca força do elenco

Segundo Marcelo Veiga, a força de todo o grupo é que vai ser o diferencial para a equipe alcançar os objetivos

por Agência Futebol Interior

São Bernardo do Campo, SP, 16 - Após a vitória no último minuto por 1 a 0 sobre o Monte Azul, chegar aos 22 pontos e atingir a liderança da Série A2, o técnico Marcelo Veiga destacou que o São Bernardo tem um grupo qualificado e que todos serão importantes ao longo da competição.

PEÇA IMPORTANTE

Diante do Monte Azul, o atacante Marlyson saiu do banco de reservas para entrar e anotar seu sexto gol no estadual.

"Sei da responsabilidade que é tirar o artilheiro da equipe do time titular. Mas sei também da qualidade dos outros atletas que temos para o setor. E é isso que eu falo para os atletas. Todos precisam dividir as responsabilidades e todos poderão ter a chance de decidir uma partida. Por isso conto com todos os nossos atletas", afirmou o treinador.
DESFALQUE
Na partida de sábado, o treinador não pôde contar com o zagueiro Guilherme Mattis, que foi substituído por Luanderson. Já na segunda etapa entraram Zé Carlos e Marlyson no setor de ataque, que ajudaram a equipe a conquistar os três pontos.
"Temos atletas muito experientes e que estão focados em buscar os objetivos. Sempre estamos trabalhando para contar com todos os atletas e, quando necessário, o atleta que entra como titular ou durante a partida, já sabe o que precisa fazer. Por isso eu falo que, para conquistar, não conto apenas com onze e sim com todos os atletas e isso é o diferencial para o campeonato", declarou.
PACIÊNCIA
Contra o Monte Azul, até então líder da competição, o São Bernardo conseguiu ter paciência para buscar a construção das jogadas e ao mesmo não sofrer perigo com os poucos avanços do visitante.
"O Monte Azul é uma grande equipe. Fizeram um grande jogo. Não é a toa que estavam na liderança. Mas a nossa equipe está muito ciente do papel de cada um dentro de campo. Do posicionamento e de como queremos chegar aos gols."
Foto: Gabriel Goto
Foto: Gabriel Goto

"A evolução da equipe, principalmente na construção das jogadas ofensivas, vem me agradando bastante. E lá atrás, a consciência dos nossos atletas e muito grande. É claro que um jogo ou outro iremos sofrer gol, mas o trabalho é feito para realmente dificultar os avanços do adversário", analisou.
OBJETIVO
Mesmo na liderança, Marcelo Veiga não se empolga e destaca que o objetivo ainda não foi alcançado.
"Somos líderes, mas ainda faltam três jogos que serão importantíssimos para a nossa sequência. Matematicamente ainda não estamos classificados e precisamos buscar os resultados nesses jogos. Nosso elenco está ciente disso e o São Bernardo está caminhando para chegar na próxima fase e, quem sabe, chegar em uma posição que nos dê a vantagem de decidir na nossa casa", ressaltou o treinador.
PRÓXIMAS PARTIDAS
O São Bernardo terá pela frente: São Caetano (fora), XV de Piracicaba (casa) e Taubaté (fora).
O elenco volta aos treinamentos na tarde desta segunda-feira (16) para iniciar a preparação da partida de sexta-feira (20) contra o São Caetano, no Anacleto Campanella, às 19h15.