Paulistão: Goleiro recebe apoio e solidariedade da Sapesp após falha

"Seria o mesmo que o atacante perder um gol ou chutar um pênalti para fora" - comparou Martorelli, presidente da Sapesp

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 4 (AFI) – O Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de São Paulo – SAPESP – se solidarizou com o goleiro Luiz Daniel, do São Bento, que falhou feio na derrota para o Botafogo, por 2 a 0, segunda-feira à noite, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

No segundo tempo do jogo, Luiz Daniel tentou chutar uma bola recuada pelo zagueiro Bruno Leonardo e acabou errando o chute. A bola, caprichosa, seguiu lentamente em direção as redes.

SENTIU NA PELE
Quem se sentiu na pele do goleiro foi o próprio presidente da SAPESP, Rinaldo Martorelli, goleiro do Palmeiras nos anos 80.

“Um lance assim mostra o quanto é ingrata a vida de um goleiro. E pode até acabar com a carreira de um goleiro, por uma falha.

Seria o mesmo que o atacante perder um gol ou chutar um pênalti para fora. Espero que Luiz Daniel se recupere logo” – comentou Martorelli.

VEJA O LANCE:

Neste mesmo jogo, mas no primeiro tempo, o goleiro já tinha sido vítima do 'Fogo Amigo', quando o lateral Gabriel enfiou a cabeça na bola e fez gol contra.

Luiz Daniel de Carvalho Silva é pernambucano, nasceu em Jupi e tem 28 anos. Antes de ir para o São Bento neste ano ele passou pelo São Caetano.

PODE CAIR
Com seis pontos e nenhuma vitória em 10 jogos, o São Bento é penúltimo colocado e luta contra o rebaixamento. Vai receber a Inter de Limeira e vai sair com o Santos.

O São Caetano, com três pontos, está matematicamente rebaixado. Curiosamente, São Caetano e São bento subiram ano passado da Série A2. E na atual Série A2, Oeste e Água Santa, rebaixados ano passado, estão nas duas primeiras posições.