Assassino do meia Daniel presta depoimento à Polícia Civil, em São José dos Pinhais

Segundo o empresário, o jogador tentou estuprar a esposa, Cristiana Brittes, de 35. Assim, sob descontrole emocional, matou o meia

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 07 (AFI) - O empresário Edison Brittes Júnior, de 38 anos, que confessou ter matado o meia do São Bento, Daniel Corrêa Freitas, de 24, presta depoimento à Polícia Civil desde as 10h desta quarta-feira, em São José dos Pinhais, cidade onde aconteceu o crime, na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo ele, o jogador tentou estuprar a esposa, Cristiana Brittes, de 35. Assim, sob descontrole emocional, matou o jovem.

Daniel foi encontrado sem vida em um matagal na Rua Augusto Micrute, em São José dos Pinhais. O corpo apresentava sinais de tortura e, segundo o Instituto Médico Legal (IML), "ferimentos por arma branca". O crime aconteceu após uma festa de 18 anos da filha da Família Brittes, Allana, em uma casa noturna curitibana, no último dia 27.

Todos os três integrantes da Família Brittes estão presos, já que a Polícia Civil de São José dos Pinhais tem o crime praticamente esclarecido. Resta apenas ouvir mais algumas testemunhas. Na última segunda, mãe e filha confirmaram a versão de que Daniel teria tentado estuprar Cristiana.

Assassino do meia Daniel presta depoimento à Polícia Civil, em São José dos Pinhais
Assassino do meia Daniel presta depoimento à Polícia Civil, em São José dos Pinhais
O delegado Amadeu Trevisan, porém, disse que "não há indícios de tentativa de estupro" e que as duas mentiram em seus depoimentos. Em uma conversa via aplicativo de celular, Daniel contou a um amigo que tinha tido relação sexual com Cristiana - há foto dele deitado ao lado dela dormindo.

O delegado ainda acredita que os três integrantes da família coagiram testemunhas para combinar uma versão diferente do que realmente aconteceu. Dias depois do assassinato, Edison, Cristiana e Allana se encontraram com algumas pessoas que estavam na casa dos Brittes no momento que aconteceu o crime.

 
 
" />