Série B: Ex-Guarani, atacante do São Bento diz que árbitro acertou ao encerrar o jogo

A partida diante do Figueirense terminou aos 37 minutos da etapa final devido o gramado encharcado

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 15 (AFI) - O São Bento saiu de Florianópolis com um ponto importante em termos de classificação após o empate por 2 a 2 diante do Figueirense. Mas a partida terminou em cima de um polêmica, já que o árbitrou encerrou o jogo aos 37 minutos do segundo tempo devido às condições do gramado, castigado com as chuvas que caíram na capital catarinense. O zagueiro Ewerton Páscoa falou que o jogo poderia ter seguido, mas concordou com a decisão da arbitragem.

"A questão é que ele alegou integridade física dos atletas. Eu acho que o jogo não era para ter parado. Mas como paralisou, não tinha mais como ter jogo. O gramado estava sem condições. Ele parou, esperou por mais de 30 minutos, assim fica complicado voltar, o risco de lesão aumenta. Ele presou por isso", afirmou o atleta.

Ewerton Páscoa concordou com a decisão do árbitro - Emídio Marque apoiou a decisão do árbitr
Ewerton Páscoa concordou com a decisão do árbitro
Com o resultado, o São Bento, que vai para o seu quarto jogo sem derrota, ficou na 12ª colocação, com 35 pontos, cada vez mais longe da zona de rebaixamento.

O próximo compromisso do time sorocabano na Série B é diante do Boa Esporte na sexta-feira, às 20h30, no Estádio Walter Ribeiro.

 
 
" />