Série B: Para ajustar o time, São Bento faz amistoso com o São Paulo

O técnico Marquinhos Santos deve fazer testes e dar oportunidades a jogadores que não vem atuando tanto no amistoso

por Rivail Oliveira

Sorocaba, SP, 10 (AFI) - Dentro da fase de ajuste do time sob o comando de Marquinhos Santos, visando a sequencia do Campeonato Brasileiro da Série B, nesta quarta-feira, 11 de julho, o São Bento realiza novo amistoso e enfrenta o São Paulo, que se prepara para a volta ao Brasileirão, às 19h no Morumbi.

O último jogo do São Bento pelo Brasileiro, foi dia 4 de julho, em Alagoas, quando perdeu para o CRB por 1 a 0, e o próximo, que fecha a 15ª rodada, será dia 14 de julho, sábado, 18h no CIC, diante da Ponte Preta. Por conta deste período de dez dias, o time de Sorocaba vem treinando forte e o treinador Marquinhos Santos,que assumiu há pouco tempo, aplicar sua forma de jogar junto ao grupo. Além do amistoso com o tricolor, o time de Sorocaba fez um outro na sexta-feira, 6 de julho, contra o Juventus, vitória por 4 a 0, gols de de Ricardo Bueno, Bruno Ré e Bruno Nunes, dois.
MUDANÇAS E CARAS NOVAS
No trabalho realizado nesta terça-feira, 10 de julho no CT Fazenda Ipê, o treinador teve a volta do lateral esquerdo Morais, que ficou um bom tempo parado devido a uma cirurgia, além do meia Branquinho, que retornou do Novo Hamburgo por onde jogou o Brasileiro.
Antes do treino, quem falou com a imprensa foi o goleiro Rodrigo Viana, que vem salvando o time há muito tempo com grandes defesas. Ele disse que apesar dar derrotas, o clima no elenco é bom e o time não se abalou com as três derrotas seguidas pois tem jogadores experientes e que o campeonato é longo e a meta agora é pontuar para se afastar o mais rápido possível do bloco de baixo da tabela – o São Bento ocupa a 14ª posição com 17 pontos e está próximo do Z-4.
“Estamos nos adaptando e pegando (a forma) como ele trabalha e a forma como ele joga. Já fizemos uns seis treinos, um amistoso e a cada dia vamos nos entrosando e pegando o esquema tático”, disse Viana.
O goleiro destacou a dedicação do grupo nos treinamentos e principalmente no seu caso, dos goleiros com o preparador Dida que faz ótimo trabalho. Sobre a Ponte Preta o próximo adversário, Viana disse que não somente esse jogo, como outros o elenco está encarando como uma final e precisará pontuar.
E O TIME?
Nestes dias de treinamento, Marquinhos Santos vem buscando moldar esse São Bento à sua forma de jogar. E vem testando peças para buscar a formação ideal. As novidades para o jogo-treino com o São Paulo nesta quarta-feira no Morumbi podem ser as entradas o lateral Tony, do meio campista Maicon Souza e dos atacantes Walterson e Ricardo Bueno na peça ofensiva azul.
Recordando, no último jogo do time, até então comandado pelo agora ex- treinador Paulo Roberto, diante do Londrina, essa era formação: Rodrigo Viana; Lucas Farias (Marcelinho), Luizão, Douglas Assis e Paulinho; Fábio Bahia, Doriva, Dudu Vieira (Lucas Crispim) e Diogo Oliveira; Everaldo e Ronaldo (Ricardo Bueno).
Com isso, um provável time de Sorocaba para encarar o tricolor, mas de olho no jogo contra a Macaca sábado 18h no CIC pode ser esse: Rodrigo Viana; Tony, Luizão, Douglas Assis e Paulinho; Fábio Bahia, Doriva e Maicon Souza; Everaldo, Walterson e Ricardo Bueno.
Depois do jogo com o tricolor, no dia seguinte, quinta-feira, o São Bento faz treino fechado no CT Fazenda Ipê, repete o trabalho na sexta-feira cedo no CIC, onde a imprensa terá acesso à primeira parte do treino, iniciando concentração para a partida contra a Ponte.
APROVEITAMENTO MAIOR EM CASA
Segundo levantamento do site Esportivo, de Sorocaba, após 14 rodada o São Bento tem um aproveitamento de 57% dos pontos em Sorocaba - 2x1 CSA, 1x1 Goiás, 1x0 Oeste, 2x2Juventude, 1x1 Figueirense, 2x1 Fortaleza, 0x1 Londrina. Foram sete jogos, três vitórias, três empates e uma derrota, nova gols marcados e sete gols sofridos; 12 pontos ganhos de 21 disputados. O jogo com a Ponte Preta no sábado, será o oitavo em casa do Azulão.
Fora de casa o aproveitamento cai para 23% dos pontos disputados. Os jogos do Azulão em campo inimigo: 1x1 Brasil-RS, 1x1 Avaí, 1x1 Paysandu, 2x2 Boa Esporte, 0x0 Guarani, 0x1 Criciúma e 0x1 CRB; Foram sete jogos, nenhuma vitória, cinco empates e duas derrotas, cinco gols marcados e sete sofridos; 5 pontos ganhos de 21 disputados.
NÚMEROS E PRÓXIMO DESAFIO
Com últimas três derrotas, para times do chamado bloco de baixo o São Bento está perto do Z-4. O time, que chegou a ficar em sexto lugar, hoje é o 14º colocado com 17 pontos, três vitórias, oito empates e três derrotas, 14 gols marcados e 14 sofridos. A tabela no final do primeiro turno propicia jogos bastante complicados para o Bentão: Em Sorocaba, a Ponte Preta em 14 de julho, Sampaio Correa dia 24 de julho, e o Atlético-GO, dia 28 de julho. E dois jogos fora: Coritiba,dias 21 de julho no Couto Pereira, e o Vila Nova-GO no Serra Dourada, dia 3 de agosto.
 
 
" />