Série B: São Bento inicia preparação para encarar o Paysandu na Curuzu

O treinador Paulo Roberto pregou respeito ao adversário da partida marcada para este sábado

por Rivail Oliveira

Sorocaba, SP, 15 - Depois da vitória contra o Oeste, que colocou o São Bento próximo ao G4 do Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Paulo Roberto Santos planeja os trabalhos com foco no próximo desafio. O time volta a campo no sábado para disputar a sexta rodada, às 16h, no Estádio da Curuzu, contra o Paysandu.

“Sabemos que iremos enfrentar uma pressão grande lá, além de um calor muito forte em Belém que não estamos habituados e um ótimo time e muito bem, comandado (por Dado Cavalcanti). Mas temos de nos preparar bem e buscar um bom resultado lá.”, disse Paulo Roberto.

O atleta moderno usa toda a ajuda possível; de treinamento especializado a nutricionistas, à melhor e mais mais recente tecnologia.

O treinador também disse que tem visto jogos do Paysandu: “Temos sim, acompanhado vários jogos do Paysandú. Um time consistente, que se defende bem com até cinco e trabalha também num 3-4-3. Temos que trabalhar nesta semana para buscar a melhor forma de jogar essa partida”, analisou.

Para esse jogo o meia Rodolfo, que não jogou a última partida em virtude do falecimento de sua mãe, pode ser uma das novidades. O lateral Marcelo Cordeiro já está à disposição e o atacante Lúcio Flavio segue se recuperando no departamento médico.

Os locais dos jogos do Paysandu foram alterados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a pedido do próprio time, pela Série B do Brasileiro. Para a sexta rodada, a partida contra o São Bento-SP, e pela oitava rodada do Campeonato, contra o Boa Esporte, as partidas que estavam previstas para o Estádio Mangueirão, foram transferidas para o Estádio da Curuzu, que é casa do Papão. As datas permanecem inalteradas, sendo dia 19 de maio, sábado, contra o time sorocabano, às 16h30 e no dia 1 de junho, sexta-feira, contra os mineiros do Boa, às 21h30

JOGO ANTERIOR
De acordo com o treinador, a vitória contra o Oeste foi importante, mas já poderia ter vindo no jogo passado, contra o Goiás ou até o Avaí, onde o time se postou muito bem e teve chances de ganhar as partidas.

Foto: Jesus Vicente - Jesus Vicente
Foto: Jesus Vicente

“Vencer é muito importante num Brasileiro, onde os jogos são muito truncados, de muita marcação e os times jogam por uma bola. São partidas que em casa temos de buscar a vitória, mas não podemos sermos surpreendidos pelos contragolpes e correr o risco de termos um resultado ruim. É sempre importante pontuar num torneio assim”, disse o treinador.

CENÁRIO
O Bentão está em sétimo lugar.atrás somente de Figueirense, Coritiba, Paysandu, CSA, Vila Nova-GO e Fortaleza, o São Bento soma nove pontos em cinco jogos, com duas vitórias, três empates e segue invicto, com 6 gols marcados e quatro sofridos.

O Papão da Curuzu tem três vitórias e dois empates, também segue sem perder, e marcou seis gols e sofreu dois. O time paraense é comandado por Dado Cavalcanti, e vem de empate por 1 a 1 com o Juventude, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. No time base do Papão, está o lateral esquerdo Matheus Muller que já jogou pelo São Bento.