​Série B: Técnico do São Bento afirma que time deixou boa impressão na estreia

O técnico Paulo Roberto Santos elogiou o elenco na atuação contra o Brasil de Pelotas na estreia

por Rivail Oliveira

Sorocaba, SP, 16 (AFI) - O treinador do São Bento, Paulo Roberto Santos, gostou da produção do seu time no empate por 1 a 1 contra o Brasil na cidade de Pelotas neste sábado, na primeira rodada do Brasileiro da Série B. No jogo, Eder Sciola abriu o placar para Xavante, mas Marcelo Cordeiro empatou de penal para o Azulão de Sorocaba, que na próxima rodada, sexta-feira recebe o CSA no Estádio Walter Ribeiro em Sorocaba.

Falando depois do jogo para imprensa, Paulo Roberto disse que tirando a pressão já esperada nos 15 minutos iniciais de cada tempo do Xavante, o time do São Bento, ao seu ver, teve o jogo nas mãos, volume de jogo e posse de bola. "Essa pressão deles já era esperada. Iniciamos o jogo meio que sonolentos. Depois disso mantivemos a postura e chegamos com velocidade, embora poderíamos ter sido mais velozes", afirmou.

O treinador também não perdeu a chance de dar uma "cutucada" naqueles que acham que ele joga com volantes demais: "E antes que digam que jogamos com três volantes, vou dizer que jogamos com o Bahia mais fixo, Dudu Vieira que é ala, aberto pela direita e Doriva que é homem de criação pela esquerda. O time fez oque pedimos e procuramos jogar aproveitando os espaços deixados por eles e a lentidão dos zagueiros", explicou.

Paulo Roberto Santos afirma que time deixou boa impressão na estreia
Paulo Roberto Santos afirma que time deixou boa impressão na estreia

Paulo Roberto frisou ainda que o time teve pouco tempo para trabalhar a parte técnica principalmente com os jogadores que chegaram e ainda procura fazê-los entender a forma de jogo do São Bento:

"Tivemos somente uma semana para começar a passar nossa filosofia que levou o São Bento onde está aos que chegaram - 14 jogadores -, que é marcar muito forte sem a bola e com ela, jogar com rapidez e ainda com todos se comprometendo com a marcação, a começar dos atacantes para facilitar lá atrás. Mas temos um elenco com qualidades e jogadores devem crescer mais com o tempo", ressaltou o treinador,que ainda elogiou o vice-campeão gaúcho, comandado pelo ex-goleiro Clemer.

O técnico falou ainda que não veio para empatar: "O importante é somar três pontos, e não vimos tendo o empate como estratégia de jogo. Tanto que tirando o inicio dos dois tempos e o final do jogo, tivemos chances para ganhar a partida", disse para uma rádio de Sorocaba (Ipanema).

E avisou a torcida do São Bento para ter paciência nos jogos no CIC. Jogando em casa com o dever de fazer três pontos não vai ter facilidades e o Brasil enfrentou isso aqui. Pedimos ao torcedor paciencia", reiterou,já focando o jogo de sexta-feira no CIC contra o CSA : "Sabemos que esse é um jogo de rivalidade pelos ultimos resultados entre as equipes.Vamos enfrentar um adversário difícil e precisamos jogar com atenção contra eles",finalizou o treinador.

 
 
" />