Série C: Jogo do acesso será o centésimo de Paulo Roberto como técnico do São Bento

O treinador assumiu o clube na A2 paulista de 2014, e de lá pra cá, já comandou o time em 98 oportunidades

por Rivail Oliveira

Sorocaba, SP, 13 (AFI) - Se o São Bento está em festa por seus 104 anos, celebrados nesta quinta-feira, dia 14 de setembro, o seu treinador, Paulo Roberto Santos, também. O técnico está prestes a completar 100 jogos pelo clube de Sorocaba. O treinador assumiu o clube na A2 paulista de 2014, e de lá pra cá, em quatro anos já comandou o time de Sorocaba em 98 jogos oficiais, segundo levantamento do site Esportivo Regional Sorocaba.

O jogo de número 100 ocorrerá contra o Confiança-SE dia 23 de setembro, no CIC, e vai valer o acesso para a Série B de 2018. Até o momento, o Azulão somou 163 pontos em quatro anos, 55,50% de aproveitamento, com 43 vitórias, 34 empates e 21 derrotas, 112 gols marcados e 74 gols sofridos, um saldo positivo de 34 gols.

No primeiro ano, na A2 paulista de 2014, obteve o acesso para a Série A1, foram 19 jogos, 37 pontos ganhos, aproveitamento de 64,9% dos pontos disputados; 11 vitórias, 4 empates e 4 derrotas, 26 gols marcados e 17 gols sofridos, saldo de 9 gols .

No ano seguinte, na Série A1 de 2015, o Bentão de Paulo Roberto terminou em nono lugar com 15 jogos, 21 pontos ganhos, aproveitamento de 46,6% dos pontos disputados; foram 4 vitórias,9 empates e 2 derrotas, 17 gols marcados e 13 gols sofridos, saldo de 4 gols.

SEMPRE EVOLUINDO
Em 2016, no terceiro ano do técnico em Sorocaba, um quinto lugar no Paulistão, apenas eliminado nas semifinais e para o campeão Santos, por 2 a 0 na Vila Belmiro. Foram 16 jogos, 27 pontos ganhos, aproveitamento de 56,2% dos pontos disputados; 7 vitórias, 6 empates e 3 derrotas, 21 gols marcados e 13 gols sofridos.

No mesmo ano, Paulo Roberto levou o clube ao acesso para o Brasileiro da Série C, e às semifinais, eliminado apenas pelo CSA, derrota de 2 a 0 em Alagoas e vitória de 1 a 0 em Sorocaba, e terminando em terceiro no nacional; foram 14 jogos, 30 pontos ganhos; 9 vitórias, 3 empates e 2 derrota, 15 gols marcados e 4 gols sofridos, saldo de 2 gols. Na temporada de 2016, Paulo Roberto comandou o clube 30 vezes com 57 pontos, 63,30% de aproveitamento, 16 vitórias, 9 empates e 5 derrotas, 36 gols marcados e 17 sofridos, saldo de 19 gols.

E finalmente, em 2017, nesta quarta temporada no Azulão, no Paulistão foram 15 jogos, 16 pontos, 4 vitórias, 4 empates e 7 derrotas, 12 gols marcados e 16 sofridos. Na Copa do Brasil o Bentão ficou no 1 a 1 com Paraná e foi eliminado na primeira fase.

No Brasileiro da Série C, outra campanha brilhante do treinador: primeiro lugar no grupo Sul-Sudeste, com 18 jogos, 8 vitórias, 7 empates e 3 derrotas, 20 gols marcados e 10 sofridos, um dos melhores ataques (entre os dez) e a melhor defesa; somou 31 pontos de 54 disputados, e um aproveitamento de 57,4%, o terceiro melhor da Série C, atrás somente de Sampaio Corrêa e CSA com 59,3% (que somaram 32 pontos, apenas um a mais que o time de Sorocaba. Na temporada de 2017, o Bentão de Paulo Roberto somou 34 jogos, 48 pontos, 12 vitórias, 12 empates e 10 derrotas, 33 gols marcados e 27 sofridos.

VALORIZADO
pelo bom trabalho que vem realizando, Paulo Roberto foi sondado por vários grandes clubes do Nordeste e Centro Oeste no inicio deste ano, como Vila Nova_GO, Moto Club-MA, Sampaio Correa-MA e inclusive, teria sido sondado, antes da contratação de Paulo Bonamigo, neste ano, pelo Fortaleza. O treinador disse ao Futebol Interior, na última entrevista, que tem sim recebido sondagens de vários times do país, fruto do trabalho que vem realizando, o que acha natural, mas que o foco agora é subir o São Bento para o Brasileiro da Série B de 2018.