São Bento 3 x 0 Rio Claro – Bentão “cavalga” para vice-liderança e afunda Galo Azul

Anderson Cavalo marcou os dois primeiros gols e Edno completou para os donos da casa

por Agência Futebol Interior

Sorocaba, SP, 12 (AFI) - Beneficiado pela derrota do Linense para o Red Bull Brasil na manhã deste sábado, o São Bento voltou a vice-liderança do Grupo A ao vencer o Rio Claro, por 3 a 0, no Estádio Walter Ribeiro, pela nona rodada do Campeonato Paulista. O atacante Anderson Cavalo foi o destaque com dois gols – Edno completou.

A vitória fez o São Bento chegar aos 14 pontos e subir para a vice-liderança, deixando o Linense, com 13, para trás. Sem vencer há três partidas - duas derrotas e um empate -, o Rio Claro estacionou nos oito pontos e, em quarto lugar no Grupo D, está na zona de rebaixamento, amargando a 18ª posição na classificação geral.

TEMPO DE UM TIME SÓ

O São Bento quase abriu o placar logo aos quatro minutos, quando Clebson deu grande lançamento para Diego Clementino, que dominou e, na cara do goleiro, finalizou muito mal, pela linha de fundo. Já o Rio Claro encontrava muitas dificuldades para tocar mais de três passes e era totalmente dominado pelo adversário. Aos 19, Romarinho caiu dentro da área e ficou pedindo pênalti, não assinalado pela arbitragem.

Anderson Cavalo comemora um de seus gols marcados na tarde deste sábado
Anderson Cavalo comemora um de seus gols marcados na tarde deste sábado
Aos 22, Clementino recebeu passe dentro da área e, mesmo sem ângulo, conseguiu chutar para defesa de Lucas. Na sequência, o atacante finalizou de primeira, mas pegou muito torto. A melhor oportunidade veio aos 27. Rossi ajeitou de calcanhar, Anderson Cavalo tentou o chute e furou. Mesmo assim, a bola sobrou para o atacante, que bateu rasteiro e viu a bola acertar a trave.

Muito superior ao adversário, o Bentão teve outra boa chance aos 34. Lucas saiu mal e socou a bola na cabeça de Marcelo Cordeiro, que mandou no travessão. No rebote, Clebson arriscou e a zaga aliviou pela linha de fundo. De tanto pressionar, o time da casa finalmente abriu o placar aos 42. Marcelo Cordeiro cruzou, Anderson Cavalo dividiu de cabeça com o goleiro e a bola sobrou nos seus pés. Com o gol aberto, o atacante só teve o trabalho de estufar as redes.

FECHOU O CAIXÃO

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Anderson Cavalo dominou na entrada da área e finalizou rasteiro, no cantinho de Lucas, que se esticou todo e não conseguiu evitar o segundo gol do São Bento. Na sequência, Thiago Cristian cobrou falta com perigo e assustou o goleiro adversário. Em vantagem, o Bentão passou a administrar a posse da bola e tirou o pé do acelerador.

Aos 20, Rossi escapou da marcação e bateu colocado. A bola passou raspando o travessão de Lucas, que apenas observou. Diego Clementino fez boa jogada individual e soltou a bomba para boa defesa do goleiro. O Rio Claro era um time apático dentro de campo e viu o São Bento perder seguidas chances. Edno driblou o goleiro, mas ficou sem ângulo e rolou para Mateus Muller, que bateu por cima.

No finalzinho do jogo, o Rio Claro ficou com um a menos porque Joãozinho se contundiu e o técnico Sérgio Guedes já havia feito as três substituições. Aos 44, Rossi recebeu dentro da área e bateu por cima. Na sequência, o atacante foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Edno, que fechou o caixão.

PRÓXIMOS JOGOS

O São Bento volta campo no próximo sábado contra o Mogi Mirim, às 18h30, no Estádio Vail Chaves, em Mogi Mirim. No domingo, o Rio Claro encara o Santos, às 19h30, no Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro. Os jogos são válidos pela décima rodada.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
9ª rodada
Data
12/03/2016
Horário
16h00
Local
Walter Ribeiro - Sorocaba (SP)
Árbitro
Ilbert Estevam da Silva

Renda
R$ 54.165,00
Assistentes
Risser Jarussi Corrêa e Renata Ruel Xavier de Brito

Público
1.325 pagantes
Cartões Amarelos
São Bento: Éder, Anderson Cavalo

Gols
São Bento: Anderson Cavalo 42' 1T, Anderson Cavalo 4' 2T, Edno 45' 2T
São Bento
Henal;
Bebeto, Pitty, João Paulo e Marcelo Cordeiro;
Fabio Bahia, Éder (Hygor) e Clebson;
Rossi, Diego Clementino (Mateus Muller) e Anderson Cavalo (Edno).
Técnico: Paulo Roberto Santos
Rio Claro
Lucas Frigieri;
Luis Felipe, Alex Silva, Odair Lucas e Felipe Saturnino (Joãozinho);
Jean Patrick, Elsinho, Thiago Cristian e Léo Costa (Fabrício);
Romarinho (João Paulo) e Lucas Xavier.
Técnico: Sérgio Guedes
 
 
" />