Reviravolta! Santos perde ação trabalhista para auxiliar de Sampaoli

Peixe havia ganhado nas duas primeiras instâncias, mas acabou perdendo com recurso em Brasília

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 29 (AFI) – Em má fase na temporada, o Santos também acumula insucessos fora das quatro linhas. No último dia 9 de abril, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) deu provimento a um recurso do auxiliar Jorge Desio em reclamação trabalhista movida contra o clube praiano desde o ano passado.

Na época, o auxiliar técnico de Jorge Sampaoli ingressou com ação cobrando valores que não teriam sido pagos referente ao FGTS. E em razão disso pediu a rescisão unilateral do Contrato de Trabalho. Contudo, o profissional perdeu em primeira e segunda instância, até que recorreu para Brasília.

Jorge Desio ainda receberá valores pela rescisão com o Santos
Jorge Desio ainda receberá valores pela rescisão com o Santos
Em defesa, o Santos alegou que recolheu o FGTS do auxiliar, ainda que atrasado, o que não ensejaria na rescisão do vínculo empregatício. Mas a tese acabou sendo derrubada na última instância, com o clube, agora, tendo que pagar ao profissional a diferença nos valores já pagos e os que foram suprimidos à época.

Em meio a esta decisão, o Santos tenta ‘juntar os cacos’ e se recuperar em campo para não ficar de fora das quartas de final do Campeonato Paulista. No sábado o time visitará o RB Bragantino às 20 horas, em Bragança Paulista.

O Santos é o terceiro colocado do Grupo D com nove pontos – dois pontos atrás do Guarani, vice-líder da chave.