Madson lamenta gols sofridos pelo Santos no início: 'Jogo decidido em 20 minutos'

"Todos nós sabemos a importância do jogo de sábado", avaliou, em referência à decisão da Libertadores diante do Palmeiras

por Agência Estado

Santos, SP, 26 - A terceira derrota consecutiva do Santos no Campeonato Brasileiro foi definida em menos de 20 minutos. Nesta terça-feira, no Mineirão, foi vazado duas vezes por Savarino logo no começo e não conseguiu evitar o revés, por 2 a 0, no compromisso adiado da 28.ª rodada. Um cenário lamentado por Madson, que ressaltou a importância do início ruim para o tropeço.

Um dos dez reservas escalados por Cuca, que só utilizou o goleiro John dos seus titulares, o lateral-direito aprovou a estratégia adotada por Cuca, de deixar os titulares em Santos, visando a decisão da Copa Libertadores, sábado, diante do Palmeiras.

CUCA GARANTE PEIXE 100% PREPARADO PSICOLOGICAMENTE


DUELO TRAVADO
Mas lamentou os gol no começo, de um duelo classificado por ele como "travado". Em desvantagem, o Santos conseguiu equilibrar o jogo e até teve as melhores chances, uma delas em cruzamento de Madson, cabeceado com perigo por Bruno Marques.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

"Todos nós sabemos a importância do jogo de sábado. O Cuca tentou montar a melhor equipe hoje, mas creio que foi um jogo travado, decidido nos primeiros 20 minutos.

O Atlético praticamente não criou, assim como a gente. É focar no sábado para, quem sabe, buscar o título", afirmou.

FOCO NA DECISÃO
Derrotado, o Santos se concentra de vez na decisão com o Palmeiras, viajando nesta quarta-feira ao Rio, para o confronto no Maracanã.

No Brasileirão, o time vai se distanciando da briga pelas primeiras posições com a sequência de tropeços. Agora é o décimo colocado, com 45 pontos. Voltará a jogar em 3 de fevereiro, diante do Grêmio, em Porto Alegre.