Santos aproveita 'brecha' em punições na Fifa para regularizar Robinho

O Peixe acertou com Hamburgo, mas precisa resolver situação com Huachipato

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 13 (AFI) - O Santos agiu rápido para conseguir registrar o atacante Robinho como reforço para a sequência do Campeonato Brasileiro. A diretoria do Peixe, com forte embasamento jurídico, aproveitou o hiato entre duas punições da Fifa por dívidas com clubes do exterior para ter de volta o 'Rei da Pedalada'.

O Santos conseguiu fechar um acordo com o Hamburgo por dívida em relação ao zagueiro Cléber Reis. Com isso, caiu a proibição de registrar jogadores. Rapidamente, o Peixe aproveitou essa abertura para habilitar seus reforços - Robinho e Laércio, ex-zagueiro do Caxias.

A agilidade foi grande, pois logo depois o Santos foi novamente proibido de registrar atletas por uma punição com o Huachipato, do Chile, referente ao meia Soteldo, no valor de US$ 3,5 milhões. A informação foi de Eduardo Carlezzo, especialista em direito esportivo.

Robinho está de volta ao Santos
Robinho está de volta ao Santos
A demora em viabilizar um acordo, inclusive, fez o meia Elias desistir de fechar com o Santos e acabou sendo adquirido pelo Bahia. O jogador era um desejo do técnico Cuca, que acabou o liberando.

BRASILEIRÃO
O Santos é o sexto colocado do Brasileirão, com 24 pontos, seis do líder Atlético Mineiro. O duelo é diante do Atlético-GO nesta quarta-feira, às 20h30, na Vila Belmiro.