Paulistão: Atacante que já caiu no doping será dispensado do Santos por justa causa

Matheus Rodrigues, membro do Comitê de Gestão, disse que o caso já foi passado para o departamento jurídico

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 19 (AFI) - Diogo Vitor está perto de ser dispensado por justa causa do Santos. O atacante de 23 anos, que já cumpriu 18 meses de suspensão por uso de cocaína, não aproveitou as novas chances no Peixe e voltou a ter atos de indisciplina.

O jogador é cria da base do Santos e, segundo Matheus Rodrigues, membro do Comitê de Gestão do clube, o caso do atleta já foi passado para o departamento jurídico, que deve ter uma resposta ainda nesta semana.

FELIPE MELO DÁ CARRINHO PAPEL HIGIENICO

Diogo assinando contrato até 2021
Diogo assinando contrato até 2021

SUSPENSÃO POR DOPING

Após a suspensão por doping, ele voltou a treinar no Santos em novembro de 2019, mas voltou a faltar em treinamentos e se reapresentou ao Santos B com uma semana de atraso.

TENTATIVA DO SANTOS

Matheus Rodrigues afirmou que houve três notificações do clube desde fevereiro.

Na última vez, o jogador pediu um tempo maior para resolver questões familiares, mas não retornou na data combinada.

EM 2018

Diogo Vitor caiu no doping em março de 2018, quando disputou as quartas de final do Campeonato Paulista. Na ocasião, após empate sem gols com o Botafogo, a decisão foi para os pênalti e o Peixe venceu por 3 a 1, com uma das cobranças sendo convertidas por Diogo.