Paulistão: Atacante do Santos mira primeiro gol como profissional

Kaio Jorge também está de olho em uma vaga na seleção olímpica

por Agência Estado

Santos, SP, 14 - Promessa da base do Santos, Kaio Jorge dá no começo da temporada 2020 novos passos para se firmar na equipe profissional.

O atacante, afinal, já foi utilizado em três partidas pelo técnico Jesualdo, sendo titular duas vezes, algo que não havia acontecido no ano passado. E já até ficou mais tempo em campo - 131 minutos - do que em 2019.

Resta, agora, portanto, marcar pela primeira vez entre os profissionais. Kaio Jorge garante não estar ansioso para isso, mas revela que já tem a comemoração em mente.

"Na hora certa vai acontecer. Tenho treinado finalizações todos os dias e logo, logo vai sair. Já tenho a comemoração, só falta o gol sair", disse, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé.

Kaio Jorge busca seu primeiro gol como profissional no Santos
Kaio Jorge busca seu primeiro gol como profissional no Santos
BOM HISTÓRICO
Se ainda não marcou entre os profissionais, Kaio Jorge tem histórico de artilharia nas divisões de base.

Em 2019, o atacante foi um dos destaques da seleção brasileira na conquista do título do Mundial Sub-17 e liderou o setor ofensivo da equipe com cinco gols marcados.

Pensando nos próximos passos da sua carreira, Kaio Jorge admite o sonho de disputar a Olimpíada de Tóquio pela seleção brasileira.

"Sonho com isso. Sei que a sub-23 é mais difícil de ser convocado, mas não vou desistir. Se Deus quiser, os gols vão aparecer aqui e o professor lá vai estar de olho", afirmou.

Com Kaio Jorge como opção no banco de reservas, o Santos volta a jogar no domingo, às 19 horas, quando vai visitar a Ferroviária, em Araraquara, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Mercado da Bola
Santos-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Vanderlei, Everson, John e João Paulo

  • Laterais

    Pará, Felipe Jonatan e Madson

  • Zagueiros

    Luan Peres, Felipe Aguilar, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Wagner Leonardo

  • Volantes

    Diego Pituca, Alison, Guilherme Nunes e Jobson

  • Meias

    Christian Cueva, Soteldo, Bryan Ruiz, Carlos Sánchez, Jean Mota e Evandro

  • Atacantes

    Tailson, Arthur Gomes, Alexandre Tam, Lucas Venuto, Fernando Uribe, Marinho, Kaio Jorge, Eduardo Sasha, Yuri Alberto e Raniel

  • Técnico

    Jesualdo Ferreira