Em Curitiba, Santos enfrenta o Athletico-PR para garantir o vice do Brasileirão

Peixe conta com força máxima para garantir maior premiação nos pontos corridos

por Agência Estado

Santos, SP, 04 - O Santos está a três pontos de ser vice-campeão do Campeonato Brasileiro. Por isso, o time alvinegro quer vencer o Athletico-PR nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, às 19 horas, para garantir o segundo lugar com uma rodada de antecedência, algo difícil de prever no começo do ano, dado os problemas financeiros e o baixo investimento.

O Santos não tem um elenco caro e estrelado como Flamengo e Palmeiras, mas, com o técnico Jorge Sampaoli, conseguiu mostrar um bom futebol e ser extremamente competitivo, alcançando números expressivos.

Hoje, soma 71 pontos, três a mais do que o time alviverde, o terceiro colocado e seu principal concorrente pelo vice-campeonato.

"Acabar o ano na segunda colocação do Brasileiro será muito importante para o clube. E começar a carreira como profissional ajudando minha equipe a chegar nessa posição será bom demais", afirmou o atacante Taílson.

De volta após suspensão, Pará fica à disposição de Sampaoli - Ivan Storti / Santos FC
De volta após suspensão, Pará fica à disposição de Sampaoli
"Mesmo jogando fora de casa, vamos manter a postura ofensiva para selar o nosso vice no campeonato", emendou.

OPÇÕES

Titular na vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, Tailson deve perder a vaga para Soteldo, uma vez que o venezuelano, um dos destaques do time alvinegro nesta temporada, está de volta após cumprir suspensão.

A outra mudança na equipe deve ser a entrada de Pará, que também estava suspenso no jogo anterior, no lugar de Victor Ferraz.

Luan Peres e Jean Mota também reforçam a equipe da Vila Belmiro, mas é provável que comecem no banco de reservas.

PREOCUPAÇÃO

Se o ano está muito perto de terminar positivamente, as perspectivas para 2020 não são boas. Garantido na Copa Libertadores, o clube segue com dificuldades financeiras e o presidente José Carlos Peres já avisou que não será possível investir alto no ano que vem.

Com esse cenário, é muito improvável que Sampaoli permaneça. Ele tem contrato até o final de 2020, mas não já exibiu insatisfação com a gestão de Peres.

Valorizado, o argentino recebeu contato do Racing e também interessa ao Palmeiras, que busca um substituto para Mano Menezes.