Tailson comemora estreia com gol pelo Santos e explica flerte com o Barcelona B

Jogador deu a vitória para o Peixe em cima do Vasco, neste sábado

por Agência Estado

Santos, SP, 05 - Na caça a Flamengo e Palmeiras pela ponta do Campeonato Brasileiro, o Santos voltou a contar com sua base para vencer o Vasco por 1 a 0 neste sábado, fora de casa, pela 23ª rodada do torneio. Em sua primeira partida como profissional, o atacante Tailson aproveitou bela assistência de Evandro e sacramentou o triunfo alvinegro no São Januário, o primeiro do clube paulista no estádio cruzmaltino desde 2005.

Tailson foi a primeira joia da base santista a ser utilizada pelo técnico argentino Jorge Sampaoli em mais de quatro meses, depois do também atacante Kaio Jorge. Em entrevista ao SporTV após o jogo, a promessa comentou a estreia.

"Estou um pouco nervoso, mas feliz também. Eu esperava estrear bem, mas fazer um gol não passou pela minha cabeça. Primeiramente, pensei em fazer uma boa estreia e foi nisso que foquei durante o tempo de trabalho na semana. Mas já que o gol veio, estou muito feliz", disse Tailson.

O jogador de 20 anos também comentou sobre como recebeu a notícia de que seria titular diante do Vasco. "Fiquei sabendo ontem. O Derlis [González] acabou sentindo, então ele [Sampaoli] acabou me chamando. Acabei fazendo um bom treino e ele me deu essa oportunidade. Fiquei um pouco surpreso, não esperava", revelou.

O debute com gol veio após momento complicado para o atacante. A promessa acabou de renovar com o clube praiano por cinco anos e com multa rescisória de 100 milhões de euros (R$ 445 milhões, na cotação atual). O acerto veio depois de o atleta flertar com o Barcelona B. "Teve essa novela toda do Barcelona, mas procurei esquecer tudo isso, ficou no passado. Fiquei uma semana lá, mas não resolvi nada, então, graças a Deus, acertei com o Santos. Esse era o meu maior objetivo e graças a Deus tive essa estreia maravilhosa", celebrou.

Tailson ainda deu detalhes do lance em que marcou pela primeira vez como profissional. "Quando o Evandro recebeu, eu abri um pouquinho e falei: 'Evandro, só escora para mim, só ajeita'. Ele ajeitou, eu fui muito feliz na finalização e graças a Deus saiu o gol", contou o jovem.

Apesar da bela assistência, Evandro acabou expulso aos 33 minutos do segundo tempo. O volante deu carrinho com a sola do pé no tornozelo de Marrony e tomou o cartão amarelo. Porém, após a revisão sugerida pelo árbitro de vídeo (VAR), Sávio Pereira Sampaio optou pela controversa expulsão. O veterano discordou da decisão da arbitragem. "Eu achei que o cartão amarelo estava de bom tamanho. Tem uma jogada que o Tailson recebe uma entrada por trás e o VAR não foi chamado. Agora, paciência, já foi. Mas acredito que o amarelo estava corretíssimo".

Evandro também falou sobre a estreia de Tailson: "Ele está treinando muito bem e o reflexo disso é o jogo de hoje. Os jogadores deram muito apoio para ele. Não sentiu nada da estreia. É muito bom o Santos ter jogadores assim, mostra que o clube é grandíssimo".

O meio-campista ainda comentou a situação atual do clube alvinegro. "Todo jogo é muito difícil. A gente tem coisa para corrigir, mas está contente com esse jogo. Tiveram jogos que criamos muito mais, mas é engraçado", disse o atleta ao SporTV. "Por exemplo, minha estreia foi contra o Fortaleza, criamos inúmeras chances, mas apenas empatamos em casa. Às vezes é melhor não ter tantas chances e ganhar, né (risos). A vitória dá confiança para poder ter mais volume de jogo e arriscar mais. Acredito que vamos voltar a ser o Santos que cria mais", completou.