Descobridor de Everton Cebolinha é cotado para trabalhar na base do Santos

Atualmente no Atlético-MG, Júnior Chavare pode ser o responsável por assumir comando do sub-21

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 01 (AFI) - O Santos anunciou o retorno do sub-21 a partir de 2020, com jogadores formados no clube e outros reforços pontuais para a disputa de competições nacionais.

A decisão da montagem do time foi anunciada por Paulo Autuori, superintendente de futebol, em entrevista coletiva na última segunda-feira, após crítica do técnico Jorge Sampaoli.

Ao projetar a modernização das categorias inferiores, já há informações de que o diretor de futebol de base do Atlético Mineiro, Junior Chavare, seria o nome a ser contratado pelo presidente José Carlos Peres.

O profissional chegou ao Galo há pouco mais de quatro meses e tem realizado grande trabalho de reestruturação - no currículo soma passagem por Juventus (ITA), Grêmio e São Paulo.

Júnior Chavare, hoje no Atlético-MG, é cotado para assumir o Santos
Júnior Chavare, hoje no Atlético-MG, é cotado para assumir o Santos

EM BELO HORIZONTE

Após a contratação de Chavare, a diretoria do atleticana acertou a criação do CIGA (Centro de Inteligência do Galo), cuja prioridade é a revelação de atletas, haja vista a enorme infraestrutura, com CT's de primeiro mundo - o cartola, aliás, é especialista quando o assunto é revelação.

"É um trabalho muito difícil de ser realizado. Porém, com toda estrutura oferecida, sem dúvidas, vamos colher muitos frutos. Isso é questão de tempo para que o Atlético venha a ter grandes revelações", comentou.

MAIS DE JÚNIOR CHAVARE

Chavare ostenta atletas revelados de renome e atualmente em grandes clubes e com passagem pela Seleção Brasileira.

O diretor do Galo ainda soma experiência internacional de quase quatro anos na Juventus, multicampeã na Itália.

Além disso, trabalhou no Grêmio, com aquisições de peças importantes em duas passagens (2013/2014 e 2015/2016): o goleiro Brenno, os zagueiros Denílson e Bressan, os laterais esquerdo Alex Tellex e Wendel Borges, o volante Wallace, os meias Arthur, Jaílson e Ramiro, o meia Luan e os atacantes Everton Cebolinha, Pepê e Pedro Rocha.

NA CAPITAL PAULISTA

No São Paulo, Júnior Chavare lapidou os talentos de Cotia: os atacantes Luiz Araújo, David Neres e Marquinhos Cipriano, o lateral-esquerdo Inácio, o zagueiro Lyanco, Tuta, e Éder Militão, o volante Luan, o meia Shaylon e o goleiro Dênis.

Outro bom trabalho feito por Junior Chavare foi ter ajudado a revelar quatro atletas campeões da Copa América de 2019, disputada no Brasil.

Além de ter Everton Cebolinha (Grêmio), o destaque do torneio continental, o cartola do Galo foi um dos responsáveis por fazer o zagueiro Éder Militão (Real Madrid), o volante Arthur (Barcelona) e o atacante David Neres (Ajax) despontarem no futebol.