Santos pega embalado Grêmio para reconquistar confiança e seguir na luta por topo

O mau momento da equipe de Jorge Sampaoli já dura seis jogos na competição, sendo que nesta sequência o time só venceu uma

por Agência Estado

Santos, SP, 21 - O Santos pode estar diante de uma verdadeira "encruzilhada" diante do Grêmio, neste sábado, às 21 horas, na Vila Belmiro, em partida válida pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em terceiro lugar na competição, o time paulista deve mostrar se tem ou não capacidade para recuperar o fôlego após um período de oscilação na luta pelo título.

O mau momento da equipe de Jorge Sampaoli já dura seis jogos na competição, sendo que nesta sequência o time só venceu em uma oportunidade. Tal "escorregada" da equipe fez com que uma diferença que era, na altura da 14ª rodada, de oito pontos para o então segundo colocado Flamengo, fosse pulverizada.

Hoje, após a derrota por 1 a 0 para os próprios concorrentes diretos na última rodada, no Rio, a dianteira foi transformada em desvantagem de cinco pontos para os cariocas - 37 contra 42 da equipe da Gávea - e queda para o terceiro lugar na tabela.

VITÓRIA OU VITÓRIA

Neste cenário, torna-se, portanto, imperativo que o time da Baixada Santista volte urgentemente a vencer em seus domínios no embate deste sábado com o Grêmio, até para afastar uma possível desconfiança que já começa a emanar das arquibancadas.

Para se ter uma ideia, apenas 8.100 ingressos para o jogo foram comercializados até a última quinta-feira e não há expectativa para lotação esgotada na Vila, diferentemente do ocorrido nas últimas partidas que fez em sua casa, frente a Avaí, Goiás, Fortaleza e Athletico-PR.

DESAFIO

O desafio torna-se ainda maior diante de um adversário em franca ascensão, que não perde há cinco rodadas e vem de duas vitórias expressivas - 4 a 1 sobre o Cruzeiro e 3 a 0 ante o Goiás.

"Para nós, é um jogo-chave, de alto nível, como foi o último, contra um time de muita qualidade que é o do Renato Gaúcho. Não é uma equipe boba, vem para vencer, mas a gente está trabalhando muito durante esta semana para, juntamente com nosso torcedor, que, tenho certeza, vai apoiar do início ao fim, conquistar os três pontos", comentou Felipe Jonatan.

Lateral-esquerdo de origem, Felipe acaba de ser convocado para amistosos da seleção brasileira sub-23, e pode ser aproveitado por Jorge Sampaoli no meio de campo. Durante a semana, o argentino viveu ainda a expectativa de voltar a contar com duas peças que considera importantes no setor: o volante Diego Pituca e o meia Evandro.

DESFALQUES

O primeiro cumpriu suspensão contra o Flamengo na última rodada, sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo e era dúvida, mas treinou normalmente nesta sexta-feira e deve ir para o jogo.

Mas, como ele não treinou por três dias consecutivos, também existe a possibilidade de Alison voltar a ser escalado. Já o último, que esteve fora dos dois últimos compromissos devido a um edema muscular na coxa, não treinou e ainda é dúvida.

Na zaga, Juan Peres, que entrou muito bem na última partida na vaga de Felipe Aguilar, deve continuar na equipe, que não poderá contar com o defensor Gustavo Henrique, suspenso após levar o terceiro cartão amarelo na derrota para o Flamengo.

DISPUTA NO ATAQUE

Na frente, Marinho disputa vaga com o paraguaio Derlis González e Eduardo Sasha com o colombiano Uribe, que vem treinando bem no clube.

O excesso de estrangeiros no elenco, no entanto, pode definir uma das disputas, uma vez que há o limite de cinco jogadores de outras nacionalidades relacionados por partida no Brasileirão.