Brasileiro Feminino: Após precoce e decepcionante eliminação, treinadora deixa Santos

Sob comando de Emily Lima, Sereias da Vila perderam, nesta terça-feira, a vaga às semifinais para a Ferroviária

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 04 (AFI) - A precoce e surpreendente eliminação no Campeonato Brasileiro Feminino custou o cargo de treinadora do Santos para Emily Lima. Prevendo que seria demitida após a derrota para a Ferroviária, ainda nas quartas de final, na noite desta terça-feira, ela, midiaticamente, pediu demissão e deixou as Sereias da Vila.

Nos últimos anos, Emily Lima acumulou polêmicas. Desde que deixou a Seleção Brasileira após colecionar fracassos, vinha aparecendo mais pela 'língua afiada', reclamando da CBF e do próprio Santos, clube nacional que mais investe na categoria, dono de uma estrutura invejável.

Foto: Ivan Storti / Santos FC - Foto: Ivan Storti / Santos FC
Foto: Ivan Storti / Santos FC
Dentro de campo, porém, jamais atingiu os objetivos do clube da Baixada Santista. Prova disso é que, mesmo à frente da equipe alvinegra desde o começo de 2018, não conquistou os principais objetivos - Libertadores da América e Brasileirão, decepcionando nas duas competições.

Assim, sua saída já seria mais do que natural. Malvista no mercado, deve encontrar dificuldades para ter uma nova oportunidade desta importância.

Eliminado do Brasileiro Feminino, o Santos terá atenção exclusiva no Campeonato Paulista até o final da temporada. Na liderança do Grupo A, as Sereias da Vila somam 11 pontos e medem forças com o São José, neste sábado, a partir das 11h.