Santos volta à Vila para tentar manter a liderança diante do Fortaleza

A última derrota em seu estádio ocorreu em 1º de agosto de 2018, diante do Cruzeiro por 1 a 0, pelas oitavas de final da Copa do Brasil

por Agência Estado

Santos, SP, 25 - Com duas derrotas nos últimos compromissos, ambos fora de casa, o Santos conta com o retorno a sua casa para se reabilitar diante do Fortaleza neste domingo, às 16h, e se manter na liderança do Campeonato Brasileiro na 16.ª rodada.

Na Vila Belmiro, local do jogo deste domingo, o time da Baixada Santista mantém uma invencibilidade que já dura mais de um ano. A última derrota em seu estádio ocorreu em 1º de agosto de 2018, diante do Cruzeiro por 1 a 0, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. De lá para cá, foram 16 jogos, com 13 triunfos e apenas três empates.

Derrotada no clássico contra o São Paulo no Morumbi (3 a 2) e frente ao Cruzeiro (2 a 0) no Mineirão, a equipe do técnico Jorge Sampaoli, que tem 32 pontos, tenta resistir às investidas dos adversários, especialmente Flamengo, Palmeiras e São Paulo, que já atingiram a marca dos 30 pontos e encostaram de vez no líder.

Mais uma vez com lotação esgotada na Vila, com mais de 11 mil ingressos vendidos, a expectativa dos jogadores é de voltar aos trilhos nos braços da torcida para tentar retomar o bom futebol do período em que venceu sete partidas em sequência e assumiu a ponta na tabela.

"Todas as vezes que jogamos em casa o estádio está lotado. Isso é importante para nós, nos dá confiança. Temos que ter calma. O jogo dura 90 minutos. Vamos sair com a ambição e a gana de conseguir o gol para manter a tranquilidade e trazer a partida ao nosso favor. Temos que manter a calma para nos recuperar", afirma o meio-campista Carlos Sánchez.

Já o lateral-esquerdo Felipe Jonatan, que tem sido escalado como meia, chamou a atenção para o reencontro com o time cearense.

Jorge Sampaoli - Foto: Divulgação
Jorge Sampaoli - Foto: Divulgação
"O Fortaleza é um clube que abriu as portas para mim no início do meu trabalho. Todos sabem do que eu passei por lá. Uma pessoa me decepcionou muito, mas não guardo rancor. Agora defendo outro grande clube e espero entrar em campo para conquistar os três pontos", disse o atleta, que também passou pelo Ceará, arquirrival do adversário deste domingo.

Para a partida, desfalque certo será o do zagueiro Gustavo Henrique, suspenso. Por outro lado, Sampaoli contará com as voltas de Victor Ferraz e Felipe Aguilar, que ficaram de fora do jogo da última rodada no Mineirão.

O argentino pode promover ainda mudanças no time e já testou a equipe titular com Marinho e Evandro - este já havia iniciado a partida contra o Cruzeiro, mas foi sacado do time após a expulsão de Gustavo Henrique logo no início do jogo - no apoio a Eduardo Sasha e Soteldo.