Sánchez adia retorno ao Santos e Caju treina após volta de empréstimo

O atleta esteve esteve ausente para resolver problemas particulares, sendo aguardado na atividade desta terça-feira

por Agência Estado

Santos, SP, 24 - Após 11 dias de folga, o elenco do Santos se reapresentou nesta segunda-feira no CT Rei Pelé para iniciar a preparação visando a sequência do Campeonato Brasileiro. A principal ausência foi a do meio-campista uruguaio Carlos Sánchez, enquanto a grande novidade acabou sendo a presença do lateral-esquerdo Caju.

De acordo com a assessoria de imprensa do Santos, Sánchez esteve ausente para resolver problemas particulares, sendo aguardado na atividade desta terça-feira. Mas, claro, ele não foi o único estrangeiro ausente, pois o peruano Cueva, o paraguaio Derlis González e o venezuelano Soteldo participam da Copa América, assim como o costarriquenho Bryan Ruiz está com a sua seleção por causa da Copa Ouro.

VOLTANDO!
Já Caju está de volta ao Santos após atuar por um ano emprestado ao APOEL. No time cipriota, o lateral-esquerdo entrou em campo 33 vezes, com três gols marcados. Ele deverá ser observado nos próximos dias pelo técnico Jorge Sampaoli para definir se será aproveitado. Mas só possui contrato até o fim de 2019 e o clube reforçou a sua posição neste ano com Jorge e Felipe Jonatann.

 Carlos Sánchez adiou seu retorno ao Santos
Carlos Sánchez adiou seu retorno ao Santos
De qualquer forma, Caju ao menos foi ao campo nesta segunda-feira, ao contrário do zagueiro Fabián Noguera, que estava no espanhol Nàstic, e de Vecchio, que vinha atuando pelo Shabab Al Ahli, dos Emirados Árabes, em um claro indicativo de que não deverão ser utilizados por Sampaoli e devem buscar novos clubes.

O Santos é o segundo colocado no Brasileirão com 20 pontos, a cinco do líder Palmeiras. O time só voltará a jogar em 13 de julho, quando visitará o Bahia, na Fonte Nova, pela décima rodada.