Sampaoli exalta superioridade do Santos em clássico e entusiasmo do elenco

Técnido do Santos comemora superioridade obtida diante do Corinthians e destaca que poderia ter aberto um placar maior contra o rival

por Agência Estado

Santos, SP, 13 - O rodízio nas escalações adotado por Jorge Sampaoli no Santos voltou a se repetir no clássico contra o Corinthians, com a escalação de Alison sendo a principal surpresa da formação no triunfo por 1 a 0, na noite de quarta-feira, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. E a estratégia deu certo, tanto que o time dominou o rival e poderia até ter vencido por um placar melhor, aspectos destacados pelo treinador em sua entrevista coletiva.

"A equipe manteve a intensidade para se impor e se organizar no campo rival o tempo todo. Finalizamos muitas vezes. Estamos mantendo uma média de 20 finalizações", afirmou Sampaoli, destacando o empenho exibido pelos seus jogadores para desempenharem as funções solicitadas por ele.

Com Alison fixo na marcação, o treinador deu mais liberdade aos dois outros meio-campistas escalados, Diego Pituca e Jean Lucas, com ambos chegando constantemente ao ataque santista. Deu certo, tanto que Sampaoli destacou o volume de jogo da equipe, mesmo que o triunfo tenha sido por um placar magro.

Sampaoli volta a vencer o Corinthians e comemora superioridade ao rival no clássico da Vila. (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Sampaoli volta a vencer o Corinthians e comemora superioridade ao rival no clássico da Vila. (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
"Ganhamos a partida sendo muito superiores ao Corinthians. Quando jogamos dessa forma, certamente vamos atrair mais gente do que jogando de outra maneira", comentou.

Com a vitória, a terceira seguida no Brasileirão, o Santos fechará a nona rodada com 20 pontos. O time está na liderança, com um a mais do que o Palmeiras, que ainda jogará nesta quinta-feira, em casa, contra o Avaí.

Além disso, o triunfo sobre o Botafogo ainda não foi homologado, pois o clube carioca pediu a anulação do confronto, solicitação que será julgada pelo STJD na próxima semana.

O elenco do Santos agora ganhou folga e só voltará aos treinos em 24 de junho. O próximo compromisso do time tem o dia 14 de julho como data-base e será contra o Bahia, na Fonte Nova, pela décima rodada do Brasileirão.

"Para mim, o descanso é necessário. Os jogadores têm o direito de descansar por um momento, ainda mais nessa etapa onde há uma Copa. O descanso é bom para vir com força nas três semanas que trabalharemos em vários turnos. Será muito bom que o jogador chegue com o nível de stress mais baixo do que agora", concluiu Sampaoli.