Em 3º duelo com Vasco em menos de 1 mês, Santos defende série invicta no Nacional

As equipes se enfrentaram pela Copa do Brasil, com uma vitória para cada lado e classificação santista

por Agência Estado

São Paulo, SP, 12 (AFI) - Em novo duelo contra o Vasco, o terceiro em menos de um mês, o Santos defende a invencibilidade no Campeonato Brasileiro neste domingo, às 16 horas, no estádio do Pacaembu, pela quarta rodada do torneio nacional.

A equipe carioca foi adversário do time paulista nas últimas semanas duas vezes. Ambos se enfrentaram duas vezes pela quarta fase da Copa do Brasil, em que o Santos avançou após vencer o primeiro jogo por 2 a 0 e perder o segundo por 2 a 1.

Nos três primeiros jogos da competição, o Santos estreou com vitória surpreendente sobre o Grêmio em Porto Alegre, derrotou o Fluminense na sequência e empatou sem gols com o CSA, em Maceió, na última rodada. Portanto, o time alvinegro está invicto, assim como São Paulo, Palmeiras e Atlético-MG, soma sete pontos e briga na parte de cima da tabela.

O duelo poderia marcar o encontro entre Jorge Sampaoli e Vanderlei Luxemburgo. No entanto, o treinador recém-chegado ao Vasco preferiu ainda não comandar o seu novo time na partida no Pacaembu e irá começar o trabalho no time carioca apenas na segunda-feira.

"Quando um treinador é diferente, mesmo não estando lá, jogadores querem mostrar, os que não estão mais ainda. Ânimo maior, ainda mais pela situação que vivem", opinou Jean Mota em relação à motivação dos atletas do Vasco pela chegada de Luxemburgo.

Melhor em relação a um incômodo no joelho direito, Jean Mota deve voltar ao time titular. O meia atuou alguns minutos no último duelo com o CSA e disse estar livre das dores.

O técnico Jorge Sampaoli tem todos os jogadores à disposição, fato que só aumenta o mistério em torno do esquema e da escalação que mandará a campo. O treinador argentino tem feito muitas mudanças nos últimos jogos, e deixado atletas importantes no banco, como Carlos Sánchez. É provável que o esquema com três zagueiros permaneça, assim como o atacante Eduardo Sasha, que vive bom momento. Ele é autor de dois dos quatro gols da equipe até aqui na competição.