Aguilar nega desequilíbrio, mas admite dificuldade do Santos em desvantagem

"Quando saímos perdendo, nos descuidamos um pouco da parte defensiva, desordenamos, perdemos a ideia e o foco", disse o jogador

por Agência Estado

Santos, SP, 23 - A goleada sofrida pelo Santos no clássico com o Palmeiras, no último sábado, ainda repercute no clube. Nesta quinta-feira, o zagueiro colombiano Felipe Aguilar defendeu que o time possui equilíbrio defensivo, mas reconheceu que o Santos tem enfrentado dificuldades quando está em desvantagem no placar. Por isso, apontou que o time não pode esquecer as preocupações defensivas quando está perdendo.

MOMENTOS ESPECÍFICOS

"O Santos jogou 30 partidas e foi goleado em três, contra Ituano, Botafogo e Palmeiras. O Santos tem um equilíbrio. Quando saímos perdendo, nos descuidamos um pouco da parte defensiva, desordenamos, perdemos a ideia e o foco. Isso é o que pecamos quando fomos goleados. Temos que ter equilíbrio, mas foram momentos específicos. Não vejo um desequilíbrio muito grande", disse o defensor colombiano em entrevista coletiva nesta quinta-feira no CT Rei Pelé.

Em 2019, o Santos disputou 30 jogos oficiais e sofreu 26 gols. Metade das vezes em que o time foi vazado se deu em três partidas, as derrotas para Ituano (5 a 1), Botafogo de Ribeirão Preto (4 a 0), ambas pelo Campeonato Paulista, e Palmeiras (4 a 0).

Em 2019, o Santos disputou 30 jogos oficiais e sofreu 26 gols. (Foto: Divulgação)
Em 2019, o Santos disputou 30 jogos oficiais e sofreu 26 gols. (Foto: Divulgação)

EQUILÍBRIO

Embora não enxergue os erros cometidos nessas goleadas como recorrentes, Aguilar apontou que o Santos precisa ter mais equilíbrio e, principalmente, atenção para evitar novas duras derrotas na sequência do Brasileirão.

"Para evitar goleadas, temos de ter equilíbrio. Isso é parte dos zagueiros, de quem joga atrás. É um conjunto. Temos de atacar como time e defender como time. Quando o Santos ataca e fica muito espaçado em campo, é quando enfrentamos dificuldades e sofremos contra-ataques de adversários com jogadores habilidosos. Temos de ficar atentos", afirmou.

AGENDA

Em busca da reabilitação, o Santos voltará a jogar domingo, quando receberá o Internacional, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Brasileirão. O time ocupa o quarto lugar com dez pontos, logo à frente do seu adversário do fim de semana, o quinto colocado, com nove.