Jorge não crê em pressão no Santos após eliminação para decisão na Copa do Brasil

Antes de cair no Paulistão, time já havia caído na primeira fase da Copa Sul-Americana para o River Plate, do Uruguai

por Agência Estado

Santos, SP, 10 - Apenas três dias depois de uma dura eliminação nas semifinais do Campeonato Paulista, em uma derrota na disputa por pênaltis para o Corinthians, o Santos entra em campo para mais uma "decisão".

Nesta quinta-feira, encara o Atlético Goianiense, na reabertura do estádio da Vila Belmiro, em Santos, na luta por uma vaga na quarta fase da Copa do Brasil. O lateral-esquerdo Jorge, que não atuou na última segunda, não acredita que o time jogará pressionado por conta da queda no Estadual.

"Temos que esquecer o que passou. Todos ficamos tristes por cair em competições de alto nível, mas temos uma decisão importante. Precisamos estar nesse campeonato de expressão. Todos entraremos com essa garra.

Temos que entrar focados", disse o lateral-esquerdo, ex-Flamengo e recém-contratado junto ao Monaco, da França, em entrevista coletiva nesta quarta-feira no CT Rei Pelé, em Santos.

ELIMINAÇÕES
Antes do Paulistão, o Santos já havia caído na primeira fase da Copa Sul-Americana para o River Plate, do Uruguai. E, além da Copa do Brasil, o time jogará nesta temporada o Campeonato Brasileiro, que terá o seu início no final deste mês.

Contra o Atlético Goianiense, o time da Baixada Santista terá de vencer, já que foi derrotado por 1 a 0 na semana passada, em Goiânia.

Foto: Ivan Storti / Santos FC
Foto: Ivan Storti / Santos FC

AS POSSIBILIDADES
O Santos precisa ganhar por dois ou mais gols de diferença para avançar de forma direta.

Em caso de vitória por um de vantagem, a vaga será decidida em cobranças de pênaltis.

Jorge não acredita que a classificação para a próxima etapa da competição será fácil.

"Sabemos da qualidade deles. Nunca podemos diminuir um adversário. Temos que entrar com espírito de decisão", afirmou.

POSSIBILIDADE
O lateral-esquerdo pode jogar de meia nesta quinta-feira por causa da lesão de Jean Mota, que sentiu dores no joelho direito contra o Corinthians. Ele lembrou das vezes que atuou na posição na base do Flamengo e no Mônaco há duas temporadas.

"Infelizmente perdemos um jogador importante, não sei do grau da lesão, que volte o mais rápido possível. Já atuei como meia na base do Flamengo, no Monaco fiz essa função e vamos ver o que o professor pode passar. Não sei onde vou jogar, mas vou entrar com toda a garra para ajudar", comentou.

Assim, uma provável escalação do Santos para esta quinta-feira é: Everson; Victor Ferraz, Luiz Felipe (Lucas Veríssimo), Felipe Aguilar e Jorge (Felipe Jonatan); Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Cueva (Jorge); Derlis González e Rodrygo.