Paulistão: Por reforma na Vila, Santos pede para jogar por dois meses no Pacaembu

Caso a solicitação seja aceita, os duelos com São Paulo, Oeste e Novorizontino serão realizados no estádio da capital paulista

por Agência Estado

Santos, SP, 10 - O Pacaembu deverá ser a casa do Santos por um período de dois meses no começo da temporada 2019. Nesta quinta-feira, o clube divulgou um comunicado oficial em que revela ter pedido à Federação Paulista de Futebol (FPF) a transferências dos seus jogos como mandante no Estadual para a capital paulista por um período de 60 dias em função de reformas na Vila Belmiro.

A estreia do Santos no Campeonato Paulista está mantida para o seu estádio, em 19 de janeiro, contra a Ferroviária. Depois disso, então, os planos da diretoria são de fechar a Vila para intensificar as obras no local durante dois meses, o que coincide com toda a primeira fase do Estadual. Assim, o time só voltaria ao estádio na competição se avançasse às quartas de final.

Por reforma na Vila, Santos pede para jogar por dois meses no Pacaembu
Por reforma na Vila, Santos pede para jogar por dois meses no Pacaembu
MAIS ALTERAÇÕES

Anteriormente, a FPF havia atendido a outro pedido do Santos e alterado o local de duas partidas do time como mandante, transferindo para o Pacaembu os confrontos com Mirassol e Guarani, em 9 e 18 de fevereiro. E caso a nova solicitação seja aceita, os duelos com São Paulo, Oeste e Novorizontino também serão realizados no estádio da capital paulista.

"O Santos Futebol Clube está solicitando à Federação Paulista de Futebol (FPF) a transferência de seus jogos como mandante para o Pacaembu por período de 60 dias após a estreia contra a Ferroviária, marcada para o dia 19 de janeiro, anunciou o clube em comunicado oficial.

MANUTENÇÃO NA VILA

"A solicitação ocorre por conta de haver a necessidade da realização de manutenções de maior porte em determinados setores da Vila Belmiro, como a cobertura dos camarotes e revestimento da marquise, bem como algumas melhorias no entorno do gramado, especialmente atrás do gol da arquibancada do placar", acrescenta o Santos.

 
 
" />