Santos encerra negociação por Jô, ex-Corinthians, mas segura zagueiro

Daviz Braz, neste primeiro momento, segue no elenco do Peixe, que só aceita vendê-lo

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 03 (AFI) – Não será desta vez que o atacante Jô vestirá a camisa do Santos. O jogador, do Nagoya Grampus, do Japão, chegou a conversar com a equipe santista, mas a contratação acabou sendo descartada por seu empresário. No entender do agente do atleta, uma ida ao Peixe é considerada ‘impossível’.

Artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2017 e principal destaque na conquista do título, Jô foi vendido para o time japonês por R$ 43 milhões. O valor investido faz com que o Nagoya não tenha menor interesse em liberar o atleta tão cedo.

Além de Jô, outro atacante que vinha sendo sondado também acabou descartado. Marco Ruben, do Rosário Central, chegou a conversar com a diretoria, mas não passou pelo aval do técnico Cuca, que quer um atleta para posição que seja acostumado com o futebol brasileiro.

Jô não vai mais reforçar o Santos no Brasileirão
Jô não vai mais reforçar o Santos no Brasileirão
VAI FICAR!
A torcida do Santos pelo menos recebeu uma boa notícia nesta sexta-feira. A diretoria recusou uma oferta de empréstimo do Sivasspor, da Turquia, em cima de David Braz por R$ 6 milhões. No entanto, o Peixe avisou que libera o defensor de forma definitiva por quase R$ 9 milhões, o que não deve acontecer.

“O departamento de futebol do Santos FC comunica que o atleta (David Braz) segue em processo de negociação", avisou o Peixe, através de uma nota oficial.

 
 
" />