Jair Ventura defende estilo e diz que Santos sempre tenta propor jogo

"Eu gostei mais do primeiro tempo, mas não saiu o gol. Tivemos quase 70% de posse, mas só fizemos no segundo", disse

por Agência Estado

Santos, SP, 14 - O técnico Jair Ventura saiu em defesa do estilo de jogo do Santos após a vitória por 3 a 1 sobre o Paraná, domingo, nas Vila Belmiro, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Além de não ter concordado com as críticas ao desempenho da equipe na etapa inicial, quando o time foi vaiado pela torcida, assegurou que o time sempre tenta ser ofensivo, mesmo quando atua como visitante.

"Eu gostei mais do primeiro tempo, mas não saiu o gol. Tivemos quase 70% de posse, mas só fizemos os gols no segundo. Eu preferi o primeiro tempo. Tivemos o controle do jogo, com quase 70% de posse. Precisamos ter equilíbrio, buscar o gol, não ser passivo. O Santos fez um jogo equilibrado e os gols saíram", afirmou o treinador.

Jair Ventura defende estilo e diz que Santos sempre tenta propor jogo
Jair Ventura defende estilo e diz que Santos sempre tenta propor jogo
Goleado por 5 a 1 pelo Grêmio em 6 de maio, fora de casa, o Santos se recuperou do duro tropeço em duelos que fez como mandante, fazendo os mesmos 5 a 1 no Luverdense, pela Copa do Brasil, e depois passando pelo Paraná, no domingo. Agora, porém, o time voltará a atuar longe dos seus domínios, pois os próximos compromissos vão ser diante do Luverdense, quinta-feira, em Lucas do Rio Verde, e contra o São Paulo, domingo, no Morumbi.

Jair assegurou que o Santos vai propor o jogo nesses duelos, não atuando recuado, algo que vem sendo alvo de críticas do torcedor. O treinador, inclusive, citou números para garantir que a sua equipe não é defensiva quando joga como visitante.

"Se você levantar, são 26 jogos (na temporada) e nós tivemos 19 com mais posse de bola. Com mais posse de bola, você propõe o jogo, mas com mais posse de bola você vai ganhar o jogo? Não. Mas o time que quer ter a bola, joga na transição? Não. Nós temos muito mais jogos sem ser na transição, e, sem crítica, foi desse modo que o Corinthians foi campeão brasileiro", concluiu.

 
 
" />