Com tempo para treinar, Santos deverá ter mudanças para estreia no Brasileirão

O meia Léo Cittadini e o atacante Gabriel devem retornar ao time titular após partida contra o Estudiantes, pela Libertadores

por Agência Estado

Santos, SP, 07 (AFI) - O longo tempo de preparação do Santos para a sua estreia no Campeonato Brasileiro deve permitir ao técnico Jair Ventura alterar a escalação do Santos em comparação ao time que enfrentou e venceu o Estudiantes por 1 a 0, na noite de quinta-feira, na Argentina, pela Copa Libertadores.

Para o duelo de 14 de abril, diante do Ceará, na Vila Belmiro, dois jogadores despontam como prováveis novidades na escalação titular: o meio-campista Léo Cittadini e o atacante Gabriel Barbosa. Será o que deve ficar claro nos treinos dos últimos dias.

Léo Cittadini sofreu lesão na coxa esquerda às vésperas do primeiro jogo das semifinais do Paulistão, entre Santos e Palmeiras. Desde então, vem sendo substituído por Renato e até mesmo no confronto na Argentina com o Estudiantes, para o qual Cittadini já estava recuperado.

Na última quinta-feira, porém, o jovem meio-campista ficou no banco de reservas. Ele entrou em campo aos 17 minutos do segundo tempo em substituição a Arthur Gomes e teve atuação apagada, não conseguindo contribuir muito na armação das jogadas. Ainda assim, pode voltar ao time titular com tempo maior para treinamentos.

Já Gabriel não atuou na Argentina por estar suspenso pela expulsão no duelo anterior pela Libertadores, contra o uruguaio Nacional. E mesmo que esteja há seis jogos sem marcar um gol, não corre risco de perder o status de titular absoluto. Como Eduardo Sasha também conquistou a titularidade do Santos, a dúvida fica sobre quem vai compor o trio de ataque com eles: Arthur Gomes ou Rodrygo.

Também não está descartada a possibilidade de Jair Ventura voltar a alterar o esquema tático santista. Afinal, o treinador vem sofrendo para encontrar um jogador para ocupar a função de camisa 10, que foi de Jean Mota na Argentina - Diogo Vitor também a exerceu na parte final do jogo com o Estudiantes.

Recentemente, no segundo duelo da semifinal do Paulistão contra o Palmeiras, Jair escalou o Santos com quatro atacantes: Sasha, Gabriel, Arthur Gomes e Rodrygo, possibilidade que não está descartada para o confronto com o Ceará e que poderá ser testada nos treinamentos que antecederão a estreia no Brasileirão.

"Essa temporada tem o calendário apertado por causa da Copa do Mundo. A pré-temporada foi curta, o que provocou várias lesões, não só no Santos, mas também em outros times. Não queríamos ter esse tempo sem jogos, mas temos que aproveitá-lo para melhorar algumas coisas para dar sequência nas importantes competições", afirmou o zagueiro David Braz, que chegou a ser dúvida para encarar o Estudiantes por causa de um edema muscular na coxa direita e agora estará em melhores condições para o próximo compromisso do Santos.