Paulistão: Léo Citttadini garante que Santos mira melhor campanha: 'Faz diferença'

Meio-campista está ganhando espaço no time titular de Jair Ventura e espera atuar contra o Novorizontino, na quarta

por Agência Estado

Santos, SP, 06 - O meio-campista Léo Cittadini está conquistando aos poucos o seu espaço no Santos. Titular nos últimos dois jogos do time no Campeonato Paulista, ele vive a expectativa de ser aproveitado no duelo desta quarta-feira, fora de casa, com o Novorizontino, pela penúltima rodada da primeira fase do torneio estadual. Ele, porém, evitou revelar se o técnico Jair Ventura avisou se vai poupar os titulares por causa da longa sequência de jogos.

"Isso é mais com ele, é conversado com a fisiologia, fazem a CK, um exame pós-jogo", disse.

"Ele conversa conosco, principalmente o pessoal que faz mais jogos com frequência, ele bate um papo com o pessoal, além de avaliar os exames para saber as condições de jogo", acrescentou.

Léo Cittadini ganha oportunidades com Jair Ventura (Foto: Divulgação / Santos FC)
Léo Cittadini ganha oportunidades com Jair Ventura (Foto: Divulgação / Santos FC)
LIDERANÇA?
Com a derrota do Palmeiras para o São Caetano na noite de segunda-feira, o Santos passou a ter mais chances de ter a melhor campanha desta etapa do Paulistão, pois está a apenas dois pontos do rival, que lidera a classificação geral. E Léo Citadini destacou que este será o objetivo da equipe nos duelos com Novorizontino e São Bento.

"Acho que é importante terminar na liderança geral do campeonato. Faz a diferença nas próximas fases. Temos dois jogos, vamos buscar vencê-los para terminar em primeiro", afirmou.

SEM PROBLEMAS...
Meia de origem - foi assim que liderou o Santos ao título da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2013 -, Léo Citadini foi recuado para a função de segundo volante por Dorival Júnior e também atuou nessa função contra o Corinthians, no último fim de semana, quando ocupou a vaga que costumava ser de Renato.

Ele garante que até prefere jogar assim e agradeceu a confiança que vem recebendo do treinador santista.

"O Jair é um treinador diferenciado. Ele nos dá muita confiança para desempenhar o futebol, gosta muito dos garoto, me deixa muito à vontade dentro do campo. Eu prefiro fazer essa função, até conversei com ele no início do ano, me sinto adaptado", comentou.

 
 
" />