Paulistão: Sasha reclama de arbitragem após empate do Santos contra a Ferroviária

Na opinião do jogador, houve falta em Jean Mota no ataque do Santos no lance que deu origem ao segundo gol da Ferroviária

por Agência Estado

Santos, SP, 10 - O atacante Eduardo Sasha reclamou da arbitragem na saída do campo após o empate do Santos com a Ferroviária por 2 a 2 neste sábado, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Na opinião do jogador, houve falta em Jean Mota no ataque do Santos no lance que deu origem ao segundo gol da Ferroviária. O árbitro entendeu que o volante do time alvinegro se jogou e deixou o lance seguir. No contra-ataque, houve uma falta a favor da Ferroviária no lado esquerdo do campo e na sequência saiu o gol.

"No segundo tempo não voltamos tão ligados. Mas o segundo gol deles não tinha por que o Jean Mota se atirar. Ele iria ficar de frente para o goleiro e no contra-ataque tomamos o gol", analisou o jogador em entrevista à TV Globo.

EMPATE CUSTOU CARO

O empate custou a liderança do Grupo D ao Santos, que chegou ao terceiro jogo sem vitória no Estadual. O time alvinegro agora caiu para o segundo lugar com oito pontos. O Botafogo, que venceu o Ituano por 1 a 0, assumiu a ponta com nove. O time alvinegro tentará a reação na tabela em duelo contra o São Caetano, na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Paulistão.

"Estamos no caminho certo. Agora, precisamos buscar os pontos que perdemos. Viemos de uma semana muito boa de trabalho, mas fica a sensação de termos perdido dois pontos pela maneira como foi o jogo", finalizou o jogador.