Paulistão: Ex-Galo, Leandro Donizete assina com o Santos e minimiza idade: "um menino"

Leandro Donizete foi contratado junto ao Atlético-MG, onde se tornou ídolo ao longo de sua trajetória de cinco anos

por Agência Estado

Santos, SP, 13 - Um dos reforços do Santos para a temporada, o volante Leandro Donizete (foto abaixo) assinou contrato por três temporadas nesta sexta-feira e aproveitou para responder a quem acha sua idade avançada um problema. Aos 34 anos, o jogador garantiu que está "jogando como um menino".

"Muitas pessoas falavam da minha idade, mas estou jogando como um menino. Me falaram que não ia chegar proposta boa, e o Santos me contrata. Fico super feliz. Um clube grande demais. Vai ser um prazer, adoro jogar a Libertadores, é muito pegado, muito disputado. O Santos tem uma equipe muito qualificada, e eu chego para dar mais experiência. Ainda tem Renato e Ricardo Oliveira. Vamos fazer de tudo para trazer essa taça", declarou ao site do clube.

Leandro Donizete foi contratado junto ao Atlético-MG, onde se tornou ídolo ao longo de sua trajetória de cinco anos. O clube mineiro, no entanto, optou por não oferecer uma renovação longa ao jogador, justamente por conta da idade, o que abriu caminho para que ele acertasse com o Santos.

Mesmo já aos 34 anos, o volante acredita que poderá se consagrar como ídolo também no novo clube. "Sou jogador que nunca fiquei rodando vários times, pois mantenho minha regularidade, sem altos e baixos. Foi muito feliz em todos os times, mas espero ser bastante aqui também", disse o atleta, que antes do Atlético-MG, defendeu somente a Ferroviária-SP e o Coritiba.

Conhecido por seu estilo de muita marcação em campo, Leandro Donizete prometeu não mudar a forma de jogar no Santos. "Eu sempre joguei neste estilo e isso me fez vencedor. Não vou parar de fazer isso no final da carreira. Não dou espaço para o adversário. Vou marcar forte e deixar os meninos mais técnicos livres para jogar."

O jogador ainda garantiu que está realizando um sonho ao atuar pelo clube da Vila Belmiro. "Eu sonhava em jogar aqui. As pessoas da minha cidade sempre falavam ‘vai para o Santos’, e isso felizmente aconteceu. Estou muito feliz, um imenso prazer", comentou o volante, nascido em Araraquara-SP.

aaa