Santista Thiago Maia ignora má fase do São Paulo e pede 'respeito' no clássico

O clássico desta quinta será o primeiro do atacante Copete diante do Tricolor Paulista

por Agência Estado

Santos, SP, 11 - O volante Thiago Maia está acostumado a enfrentar o São Paulo. Nesta quinta-feira, no Pacaembu, será uma das armas do Santos em mais um clássico diante do rival, que, no entanto, vive fase diferente do que está acostumado e briga para fugir do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Mesmo com o time santista em condição bastante superior e lutando pelas primeiras posições, o jogador pregou respeito ao adversário.

"Independentemente da situação em que o São Paulo estiver, temos de respeitar e jogar. Não temos culpa do que o São Paulo está passando. Vamos fazer o nosso jogo para ganhar", declarou nesta terça-feira.

Com 51 pontos, o Santos é o quarto colocado no Brasileirão e busca selar sua vaga na Libertadores, além de ainda sonhar com o título. O São Paulo, por sua vez, tem 36 pontos, em 14.º, somente três acima da zona de rebaixamento. O clássico desta quinta será o primeiro de Copete diante deste rival.

"É uma partida muita interessante, é uma rivalidade grande, temos que fazer um grande espetáculo e somar os três pontos. O jogo na Colômbia entre Atlético Nacional e Santa Fé é um clássico mais ou menos parecido com essa rivalidade", comentou o colombiano.

Mercado da Bola
Contratações
Não houve contratações no período
  • Bruno Henrique

    Atacante (ex-Wolfsburg-ALE)

  • Cleber

    Zagueiro (Ex-Hamburgo-ALE)

  • Leandro Donizete

    Volante (ex-Atlético-MG)

  • Matheus Ribeiro

    Lateral (Ex-Atlético-GO)

  • Vladimir Hernández

    Atacante (Ex-Junior Baranquilla-COL)

Santos-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    John, Vanderlei e Vladimir

  • Laterais

    Caju, Daniel Guedes, Matheus Ribeiro, Victor Ferraz e Zeca

  • Zagueiros

    Cléber, David Braz, Fábian Noguera, Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo

  • Volantes

    Leandro Donizete, Leo Cittadini, Renato,Thiago Maia e Yuri

  • Meias

    Jean Mota, Lucas Lima, Rafael Longuine, Vecchio e Vitor Bueno

  • Atacantes

    Bruno Henrique, Copete, Ricardo Oliveira, Rodrigão e Vladimir Hernández

  • Técnico

    Dorival Júnior