Sondado pela Europa, goleiro recebe aumento salarial no Santos

por Teste

Santos, SP, 2 (AFI) - Depois de Neymar e Paulo Henrique, Felipe vai receber aumento de salário no Santos. Acompanhado do pai, o goleiro teve a primeira reunião com os dirigentes do departamento de futebol, na tarde desta terça-feira, para discutir a rescisão do contrato atual e assinatura de outro, com maior duração e correção salarial.

Veja também:
Piada de português? Dunga comete gafe em entrevista

A iniciativa foi do próprio Santos, que não descarta a transferência do jogador para o exterior na reabertura da janela de transferências internacionais, depois da Copa do Mundo, por um valor maior baseado no novo salário. Comenta-se no clube que a Lazio, da Itália, é a maior interessada na contratação de Felipe.

"Diariamente a gente recebe sondagens e se formos falar sobre o assunto, passaremos horas aqui", desconversou o diretor de futebol, Pedro Luís Nunes Conceição, ao ser questionado sobre as possíveis negociações com o clube italiano.

"Felipe é titular do Santos há um ano e vem se destacando, mas, por enquanto, não há nada de concreto. Porém, o não de hoje pode ser sim amanhã", completou o dirigente.

O empresário Wagner Ribeiro também esteve com Neymar e o pai do jogador nesta terça no CT. O motivo da visita foi a colocação de adendos no novo contrato do atacante, referente ao direito de imagem. Fernando Silva, um dos dirigentes de futebol, explicou que o Santos vai transformar o direito de imagem dos atletas em fonte de renda.

"A imagem do jogador vai passar a ser explorada em campanhas publicitárias. O atleta terá direito a uma parte do valor do contrato e o clube ficará com a outra", disse Silva.

Paulo Henrique, por sua vez, já assinou um novo contrato nesta terça-feira, que irá até fevereiro de 2015, acertado desde quarta passada. Agora, o seu salário está mais perto do teto do clube, que é de R$ 160 mil por mês, e prevê novos reajustes se ele for convocado para a seleção brasileira.