Paulista A3: Na zona de rebaixamento, Hiran deixa o comando técnico da Santacruzense

O preparador físico Basílio comanda o time diante do São José

por Agência Futebol Interior

Santa Cruz do Rio Pardo, SP, 21 (AFI) - Ex-goleiro de Ponte Preta e Guarani, Hiran deixou o comando técnico da Santacruzense no final da noite desta sexta-feira. Quem assume a equipe é o próprio presidente Sidnei Maluza, que já vinha exercendo a função com a ausência do treinador, que passou por uma cirurgia no apêndice.

Sidnei Maluza será o treinador no restante da temporada
Sidnei Maluza será o treinador no restante da temporada
Contra o São José, porém, a Santacruzense terá que improvisar. Como o presidente fora expulso na partida diante do Primavera, o preparador físico Basílio terá a missão de comandar a equipe. Com a final da competição se aproximando, a tendência é que Sidnei Maluza fique como treinador.

Durante a reunião entre as partes, Hiran tomou a atitude de deixar o clube para tentar dar um ânimo maior aos jogadores, que não estavam rendendo o esperado na Série A3. A Santacruzense está em situação delicada, é apenas a penúltima colocado com sete pontos, a seis do Rio Preto, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

"Os jogadores precisam de uma chacoalhada. Precisamos nos reabilitar, antes que seja tarde. Estou chateado, mas não tive outra escolha. Espero que eles consigam se recuperar e sair desa situação", afirmou o ex-treinador.

 
 
" />