Após queda na Copa do Nordeste, Santa Cruz confirma saída de técnico e dirigente

O time não suportou a eliminação precoce na competição mais importante do Nordeste brasileiro

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 11 (AFI) - O Santa Cruz anunciou no começo da tarde deste domingo a saída do técnico João Brigatti e do executivo de futebol Nei Pandolfo. A decisão ocorreu após a derrota para o Botafogo-PB, por 1 a 0, no último sábado, pela Copa do Nordeste, torneio que acabou eliminado precocemente. O time coral vem fazendo um estadual de altos e baixos e, mesmo assim, optou por mudança na comissão e na diretoria.

O Comitê Gestor de Futebol do clube entendeu e reconheceu que apesar dos esforços despendidos os mesmos não foram suficientes para os melhores resultados do trabalho do técnico, sobretudo pela falta da pré-temporada e o curto tempo para a montagem do elenco.

João Brigatti deixa o Santa Cruz. Foto:  Rafael Melo/Santa Cruz
João Brigatti deixa o Santa Cruz. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Por isso, há um entendimento da necessária mudança no comando do departamento, em busca de melhorias e um desempenho do futebol apresentado pelo time. Com isso o comando técnico da equipe será conduzido pelo auxiliar da casa, Roberto de Jesus, que estará à frente do time diante do Cianorte, na Copa do Brasil.

Já a saída de Nei Pandolfo, executivo de futebol, se deu após um pedido do próprio profissional. Nei esteve no Arruda desde outubro de 2019 e participou da montagem dos elencos de 2020 e 2021.

João Brigatti deixou o Santa Cruz com um aproveitamento de 35,8%, foram 13 jogos, com quatro vitórias, dois empates e sede derrotas.

PERNAMBUCANO!
O Santa Cruz volta as atenções no Campeonato Pernambucano. O Coral é o segundo colocado, com oito pontos, apenas atrás do Náutico, com 15.