Treinador ex-Ponte Preta comemora estreia com vitória no Pernambucano

João Brigatti saiu de campo satisfeito no primeiro jogo sob o comando do Santa Cruz

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 25 (AFI) - João Brigatti saiu de campo satisfeito no primeiro jogo sob o comando do Santa Cruz. Prestes a completar uma semana no cargo, nesta quinta-feira (25), o técnico coral tem a percepção que o time assimilou os principais pontos na primeira semana de trabalho e foi capaz de aplicar no triunfo diante do Vitória-PE, em jogo válido pela rodada de abertura do Campeonato Pernambucano.

Foto: Divulgação / Santa Cruz
Foto: Divulgação / Santa Cruz
“Foi um jogo que me agradou. Tivemos um poderio em relação a posse de bola. Acho que pecamos no passe, principalmente nas bolas longas que insistimos demais no primeiro tempo."

"Precisávamos trabalhar um pouco mais pra depois ter a surpresa na bola lateral. Acho que fiquei feliz pelo primeiro encontro. Tivemos pouquíssimo tempo pra trabalhar e, como já disse, o entendimento deles foi o ponto chave. Todos estão de parabéns, principalmente por essa vitória no início de campeonato”, analisou.

MUDANÇAS

No intervalo, mesmo com a vantagem mínima no placar, Brigatti optou por tirar Marcel, improvisado no lado esquerdo na maior parte do primeiro tempo, e lançar Vinícius Balotelli. Com o veto de Leonan, Eduardo Silva era considerado o favorito para iniciar o jogo por ser o único lateral-esquerdo de origem à disposição. O treinador explica que a preferência por Marcel foi motivada pelas observações nos poucos treinos realizados.

"É difícil chegar com pouquíssimo tempo e conhecer todos os atletas. Fizemos três ou quatro treinos técnicos e o Marcel, no meu entendimento, saiu na frente. O Eduardo é bom jogador também, vamos aproveitá-lo. Precisamos fazer jogos-treino pra conhecer o elenco, principalmente os garotos da base. Nessa situação, optei por Marcel. Mas acredito que Eduardo pode vir a jogar no Santa Cruz”, apontou.