Santa Cruz negocia com treinadores empregados em times da Série B

Clube que trabalha com a possibilidade de anunciar novo técnico apenas após fim da segunda divisão nacional

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 28 (AFI) - A saga do Santa Cruz para contratar um novo treinador continua, e não há pressa para anunciar o tão esperado nome. Sabe-se, no entanto, que alguns dos alvos estão empregados em times da Série B do Brasileiro, conforme revelado pelo executivo de futebol Nei Pandolfo.

“Existem três ou quatro possibilidades que conversamos e avançamos na negociação. Só que uns estão trabalhando e assim seria preciso aguardar o fim da Segunda Divisão. Ao mesmo tempo, estamos com outras frentes para tentar fechar antes”, explicou o dirigente em entrevista ao Jornal do Comércio.

“Continuamos conversando com algumas possibilidades. Tem treinadores que estão querendo aguardar um pouco mais e outros atualmente estão trabalhando (Série B). Não teve nenhum avanço”, completou.

Foto: Rodrigo Baltar / Santa Cruz
Foto: Rodrigo Baltar / Santa Cruz
ESPECULADOS
Muitos treinadores foram procurados e alguns já foram descartados. Um exemplo é João Brigatti, que apareceu como nome forte para assumir o comando, mas renovou com o Sampaio Corrêa na mesma semana em que as especulações ganharam forças nos bastidores.

Outro nome que chegou a ser procurado foi Itamar Schülle, sem clube na época, mas que preferiu aceitar uma proposta do Vila Nova. A lista ainda tem nomes como Léo Condé e Cláudio Tencati, ambos sem clube, além de Rafael Jaques, que vem se destacando pelo grande trabalho feito no São José-RS, time eliminado nas quartas de final da Série C.