Série C: Torcida do Santa Cruz faz cobrança em treino: "Se não subir, a porrada vai comer"

O presidente do clube, Constantino Júnior, também foi criticado, principalmente por causa dos mandos de campo

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 08 (AFI) - A vitória por 3 a 2 de virada diante do Imperatriz não foi suficiente para diminuir a pressão no Santa Cruz. No último treino antes de enfrentar o Confiança na Série C, a torcida marcou presença e cobrou em tom bem agressivo: "Se não subir, a porrada vai comer".

Depois dos gritos, porém, a torcida se acalmou a pedido do técnico Milton Mendes. Em outros momentos, os torcedores cantaram músicas de incentivo.

PRESIDENTE COBRADO

O presidente do clube, Constantino Júnior, também foi criticado, principalmente por causa dos mandos de campo. Eles não querem que o Santa Cruz jogue na Arena Pernambuco e, sim, no Arruda.

SITUAÇÃO NA TABELA

Com 21 pontos, o Santa Cruz está em sétimo lugar no Grupo A com dois pontos a menos do que o Ferroviário, que fecha o G4.

Além do Confiança, o Coral tem pela frente o Globo, atual oitavo colocado, e o Náutico, vice-líder no momento.

Foto: Jota Santana/Santa Cruz
Foto: Jota Santana/Santa Cruz

MUITAS MUDANÇAS

O treinamento desta quinta-feira foi marcado pelo alto número de mudanças no meio-campo e no ataque.

Certo mesmo é não poderá contar com Guilherme Queiróz, que se recupera de lesão. Neto Costa foi deve substituí-lo.

Outro jogador que pode ganhar uma chance no time titular é Daniel Costa no lugar de Jaílson.

Após cumprir suspensão, o volante Charles está à disposição, mas pode ficar no banco. Lucas Gonçalves é outra opção para o setor, mas também não foi titular no treino, dando espaço para Allan Dias.
POSSÍVEL TIME
Não se sabe, porém, se Milton Mendes promoverá todas essas mudanças, mas, se fizer, o time entra com: Anderson; Cesinha, Vitão, João Victor e Victor Lindemberg; Allan Dias, Kadu e Daniel Costa; Éverton, Dudu e Neto Costa.