Pernambucano: Bruno Moraes vai para futebol árabe e Santa Cruz mira Keirrison

Em 2016, o jogador de 28 anos defendeu o Londrina no Brasileiro da Série B

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 09 (AFI) – A busca por um novo camisa 9 virou prioridade do Santa Cruz. Após perder Grafite para o Atlético-PR, o Tricolor viu o reserva de luxo Bruno Moraes fechar com o Dibba Al Fujairah, dos Emirados Arabes Unidos. Um dos nomes cotados para a vaga é de Keirrison, que defendeu o Londrina no Brasileiro da Série B.

Apesar de não ter brilhado no Tubarão, o K9, como é conhecido no mundo da bola, voltou a atuar com regularidade depois de muitos anos. Na Série B, ele entrou em campo em 27 partidas, sendo 23 delas como titular. Além disso, balançou as redes em sete oportunidades.

Atualmente com 28 anos, Keirrison tenta recuperar a boa fase do início de carreira. Revelado pelo Coritiba, ele conseguiu feitos impressionantes pelo clube como as artilharias da Série B de

Keirrison tenta voltar à boa fase dos tempos de Coritiba e Palmeiras
Keirrison tenta voltar à boa fase dos tempos de Coritiba e Palmeiras
2007 (12 gols), do Paranaense de 2008 (18 gols) e Brasileirão de 2008 (21 gols). Em 2009, também brilhou pelo Palmeiras, onde marcou 24 gols em 36 jogos. Fase que despertou interesse do Barcelona-ESP, no mesmo ano.

Foi justamente a transferência ao Barça, por 15 milhões de euros (R$ 41 milhões na cotação da época) que acabou com a carreira de K9. Sem nunca firmar-se no clube catalão, foi emprestado nos anos seguintes a Benfica-POR, Fiorentina-ITA, Santos e Cruzeiro. Neste período, nunca destacou-se. Entre 2012 e 2015, já sem vínculo com o Barcelona, voltou ao Coritiba, mas também não vingou.

Um dos desafios para que o negócio entre Keirrison e Santa Cruz dê certo são as bases salariais. O time pernambucano passa por um momento financeiro complicado com o rebaixamento à Série B. A expectativa é de que a folha salarial mensal do clube seja de aproximadamente R$ 600 mil. Menos da metade dos vencimentos de 2016.

aaa