Série B: Santa Cruz finalmente confirma demissão de Ricardinho

TIme pernabucano não sabe o que é vencer há cinco rodadas

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 13 (AFI) - Chegou ao fim a passagem de Ricardinho como técnico do Santa Cruz. No começo da noite deste sábado, o time pernambucano, que não vence há cinco rodadas na Série B, comunicou o inevitável e confirmou a demissão do treinador. O ex-meia do Corinthians estava desgastado e vinha sofrendo pressão interna e externa do clube.

"A diretoria e o treinador chegaram a um consenso que, diante da sequência de resultados negativos, considerando também, a perspectiva de não se enxergar uma melhoria imediata nos resultados, como propiciar uma oxigenação, uma mudança, resolveram - de comum acordo - romper o contrato", disse o presidente do Santa, Alírio Morais, em nota oficial.


FUTEBOL RACHADO
A demissão de Ricardinho rachou o departamento de futebol. O coordenador técnico, Sandro Barbosa e o diretor de futebol, Jomar Rocha, eram favoráveis a saída do treinador no começo do mês, mas acabaram demitidos, pois o presidente do Coral não queria a saída do treinador. Isolado e sem respaldo dentro de campo, Ricardinho acabou caindo.

Apesar do título pernambucano conquistado neste ano, Ricardinho esteve longe de agradar o torcedor do Santa Cruz. Trouxe diversos jogadores de sua confiança, como o atacante Carlinhos, o volante Edson Sitta e o meia Pedro Castro, exigindo, assim, a saída de outros que já tinham representatividade com a camisa do time, como o atacante Léo Gamalho.

A má campanha na Série B só aumentou a ira contra Ricardinho. Com apenas cinco pontos, o Santa Cruz é o 18.º colocado da competição e não teve nenhuma atuação que chamasse a atenção positivamente. Não há indício do substituto, o certo é que o time volta a campo contra o vice-lanterna Ceará, com quatro pontos, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, dia 20, próximo sábado.

 
 
" />