Série C: Após participação decisiva no acesso, Brigatti quer Sampaio focado no tetra

Time de São Luís enfrenta o Confiança na semifinal, em jogos de ida e volta, a partir do próximo final de semana

por Agência Futebol Interior

São Luís, MA, 09 (AFI) - O Sampaio Corrêa está de volta à Série B do Campeonato Brasileiro após vitória heroica diante do São José-RS, no último sábado, por 3 a 2, em um Castelão colorido, o qual presenciou um dos melhores jogos desta edição da Série C.

Com direito a emoção até o apito final, o Tubarão também garantiu classificação à semifinal e, agora, tem como objetivo alcançar o título.

O JOGO

O que se viu no primeiro tempo foi o time maranhense tomando a iniciativa. Prova disso é que chegou ao primeiro gol logo aos dez minutos. O goleiro Fábio cometeu pênalti no atacante Salatiel, convertido por Rodrigo Andrade, um dos melhores em campo.

O Zequinha, porém, não sentiu o baque e cresceu, mesmo com o técnico adversário pedindo para manter a posse de bola.

"Estávamos jogando diante de nosso torcedor, que lotou o Castelão e nos apoiou o tempo todo. Deixamos o São José jogar e não fizemos boa primeira etapa. No intervalo, tentei corrigir os erros, pois tinha a obrigação de dar uma resposta", comentou Brigatti.

Sob comando de João Brigatti, Sampaio Corrêa está de volta à Série B
Sob comando de João Brigatti, Sampaio Corrêa está de volta à Série B

Na etapa complementar, o time gaúcho pressionou e empatou logo aos 16.

A partir de então, entrou o dedo decisivo de Brigatti. O treinador sacou o meia João Paulo e acionou Esquerdinha. No minuto seguinte, o atacante deu assistência milimétrica para colocar o Bolívia querida novamente em vantagem.

No ataque posterior, todavia, o empate do time porto-alegrense.

Apesar da ducha de água fria, o Sampaio melhorou e retomou vantagem aos 34, com gol contra do atacante Luiz Eduardo - a equipe da casa ainda teve mais duas chances claras para sacramentar o acesso com Lucas Hulk.

ESTRELA

Brigatti foi um dos grandes responsáveis pela recuperação do Sampaio Corrêa na Série C. O treinador foi anunciado pelo presidente Sérgio Frota há menos de três meses e alcançou invencibilidade de seis jogos no segundo turno da fase de grupos, com cinco triunfos consecutivos - tal sequência, aliás, garantiu classificação antecipada ao mata-mata.

"É difícil nos vencer aqui no Castelão. Eu sabia que o São José, bem armado, viria com força total na etapa final. Porém, o meu time é guerreiro. Esses caras correram até último minuto. Desde que cheguei aqui pegava no pé de todos, pois tinha ciência de que o grupo tem qualidade. Eles demonstram o que é vestir essa camisa", enalteceu.

RUMO À TAÇA

O Sampaio é o único clube no Brasil a conquistar três divisões nacionais: Série B (1972), Série C (1997) e Série D (2012).

Após mais um acesso, o objetivo da comissão técnica e jogadores é buscar o tetracampeonato - a ordem no clube é não relaxar após vaga carimbada na Série B de 2020.

"Gosto de jogadores vencedores. Eu tenho um grupo assim. Um presidente guerreiro também. Foi o melhor com o qual tive prazer de trabalhar. Vamos, sim, brigar para coroar nossa campanha em busca desse titulo, muito importante para todos e, principalmente, aos nossos torcedores", completou o treinador boliviano.