Série C: João Brigatti fica a um passo de gabaritar objetivos pelo Sampaio Corrêa

Treinador assumiu Bolívia Querida fora do G4, alcançou classificação e carimbou acesso à segunda divisão

por Agência Futebol Interior

São Luís, MA, 13 (AFI) - Em busca de abrir vantagem por vaga na decisão, o Sampaio Corrêa já está em Aracaju, onde enfrenta o Confiança, neste sábado, no jogo de ida da semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro.

No duelo em solo sergipano, João Brigatti tem dois desfalques confirmados: os meias João Paulo, o qual se despediu do clube nesta semana para disputar a Série B, e Rodrigo Andrade, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

O treinador boliviano tem Esquerdinha como alternativa. O meia-atacante foi acionado no segundo tempo frente o São José-RS, no duelo do acesso e incendiou. Outra opção é para o sistema ofensivo é Eloir, maior ídolo da torcida, campeão da Série D e vice-campeão da Série C pelo clube.

Para coroar campanha, João Brigatti mira título da Série C pelo Sampaio - Elias Auê / Sampaio Corrêa
Para coroar campanha, João Brigatti mira título da Série C pelo Sampaio

"Perdemos o João Paulo, hoje no Londrina, e o Rodrigo. Porém, tenho essa sexta-feira para trabalhar e vamos ver qual são as melhores opções. Afinal, todos os atletas são importantes neste acesso. Eles sabem que quem entrar vai dar o máximo de si para que possamos voltar com bom resultado para decidir em casa", garantiu o comandante.

QUASE LÁ!

João Brigatti foi um dos profissionais que mais vibrou com o acesso do Sampaio Corrêa.
Tal entusiasmo se explica fato de ser o primeiro clube na carreira solo do ex-goleiro. O profissional chegou ao time de São Luís quando muitos tinham dúvidas sobre o que poderia melhorar no elenco.
À época, assumiu o Tubarão com plantel em baixo astral e, no dia a dia, ganhou a confiança dos comandados e da torcida.
Na ocasião, a diretoria, capitaneada pelo presidente Sérgio Frota, apresentou três objetivos: classificação ao mata-mata, acesso à Série B e o titulo da Série C - dois deles já foram alcançados.
"Esses caras são incríveis. Quando chequei, sabia que haveria desconfiança por algumas pessoas. Pelos atletas, senti que poderíamos nos abraçar e pude cobrar uma reação. Afinal, para estar no Sampaio, eu tinha de ter qualidade" comentou.
"Isso foi colocado em prática. Tanto que eles conquistaram a classificação de forma antecipada. Entretanto, nós queremos mais, justamente o titulo, nosso último objetivo da temporada", emendou Brigatti.